Bastidores

Grêmio dribla covid-19 e publica balanço de 2020 com superávit

Gazeta
Gazeta Esportiva

24 de março de 2021 - 08:00 - Atualizado em 24 de março de 2021 - 08:15

Primeiro clube a publicar o balanço de 2020, o Grêmio mostrou resultados positivos no campo financeiro. Mesmo com a pandemia de covid-19 afetando diretamente as instituições, o Imortal ainda assim fechou o ano com um superávit de R$ 38 milhões.

A pandemia impactou a economia de diferentes setores da sociedade, incluindo o futebol. Com a perda de receitas vindas das arquibancadas, muitos clubes de futebol fecharam o ano em déficit – caso de Barcelona, Everton e Roma, por exemplo.

Mesmo com a redução nas receitas, o Grêmio conseguiu manter o crescimento. Entre 2013 e 2015, o clube acumulou R$ 117 em déficit – porém, desde 2016 são cinco temporadas seguidas no positivo e com um total de R$ 160 milhões acumulados.

Apesar da queda de 3,6% nas receitas em comparação ao ano anterior, o tricolor conseguiu equilibrar a conta com a transferência de jogadores – fonte de crescimento em 11% em relação a 2019, passando de R$ 108 para R$ 120 milhões.

O tricolor ainda obteve um corte nas despesas e fechou o ano com uma queda das dívidas em 8% – de R$ 429 para R$ 396 milhões, o menor endividamento do clube desde 2012.