Bastidores

GP da Turquia pode ter público de até 100 mil pessoas por dia

Gazeta
Gazeta Esportiva

1 de setembro de 2020 - 10:10 - Atualizado em 1 de setembro de 2020 - 10:31

No calendário da Fórmula 1, o dia 15 de novembro de 2020 estava reservado para o tradicional GP do Brasil. Entretanto, devido à pandemia e ao fato de o país ter se tornado epicentro da doença no mundo, a prova foi transferida para a Turquia. E uma das novidades anunciadas nesta semana, é de que o evento planeja receber público, podendo chegar a 100 mil espectadores por dia.

Como foi anunciado pela Intercity, empresa que administra a pista turca, a ideia é que a corrida possa receber uma grande quantidade de pessoas. Os 100 mil fãs representariam menos da metade da capacidade total do Istambul Park, que pode chegar a 220 mil espectadores.

John Thys/POOL/AFP

Segundo o anúncio feito em coletiva de imprensa, a organização do evento estará atenta aos indicadores da pandemia. Caso haja um aumento no número de casos e óbitos, a ideia será cancelada. Outro assunto abordado foi o preço dos ingressos, que devem custar 22 reais por dia ou 66 reais pelo fim de semana completo, incluindo os treinos e a corrida. A ideia seria trazer um preço popular, e não elevar os lucros com as vendas de ingressos.

O GP da Turquia não foi o primeiro com a intenção de levar público ao entorno da pista. O GP de Mugello, na Itália, anunciou oficialmente a presença de aproximadamente 3 mil pessoas acompanhando o evento in loco. A corrida está marcada para o dia 13 de setembro, na região da Toscana, na Itália.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.