Esportes

Governo de Portugal descarta público nas finais da Champions

Gazeta
Gazeta Esportiva

29 de junho de 2020 - 17:03 - Atualizado em 29 de junho de 2020 - 17:03

As partidas sem a presença de torcida seguirão como uma tendência na Europa para a finalização da temporada 2019-20. Nesta segunda-feira, o secretário de Estado da Saúde de Portugal, António Lacerda Sales, rejeitou a possibilidade de as partidas da fase final da Liga dos Campeões contarem com torcedores no país.

“Em relação à questão do público e em função daquilo que é a situação atual, obviamente não”, explicou. “Não sabemos como vai ser a evolução da pandemia e tal como temos feito em outras situações, tomamos medidas de acordo com a própria evolução e proporcionalidade evolutiva da pandemia. Não poderei antecipar o futuro. Nesta fase obviamente que não”, confirmou António Sales.

Em função do coronavírus, a Liga dos Campeões terá uma disputa em formato diferente, com a presença dos oito classificados às quartas de final em apenas uma sede. Os classificados – até a definição do campeão – serão conhecidos em jogos únicos no mês de agosto, entre os dias 12 e 23.

A cidade de Lisboa – capital portuguesa – foi escolhida para receber as partidas. Porém, o temor por uma segunda onda da doença faz as autoridades manterem a cautela com a presença de torcedores.

No último levantamento das autoridades, Portugal contava com 41.912 infectados pelo coronavírus, com 1568 mortos.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.