Automotivos

Governo da Hungria anuncia que GP de F1 não será realizado até 15 de agosto

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Governo da Hungria anuncia que GP de F1 não será realizado até 15 de agosto

30 de abril de 2020 - 00:00 - Atualizado em 30 de abril de 2020 - 00:00

O governo da Hungria anunciou nesta quinta-feira que o Grande Prêmio de Fórmula 1 não será disputado antes da metade de agosto. A decisão acontece por conta dos problemas causados pela pandemia do novo coronavírus no mundo dos esportes.

Apesar da declaração, o país se mostrou disposto a realizar uma ou mais corridas quando possível. A etapa estava marcada para ocorrer no dia 2 de agosto.

Grande Prêmio da Hungria foi mais um afetado pela pandemia (Foto: Divulgação/F1)

“É muito importante para o governo da Hungria organizar um GP”, declarou Zsolt Gyulay, diretor do autódromo de Hungaroring, local onde a prova húngara é disputada desde 1986.

O pronunciamento representa mais um impacto da Covid-19 sobre a temporada de 2020 da Fórmula 1. Além de várias provas que foram canceladas ou adiadas, o Japão anunciou que a venda de ingressos para o GP de Suzuka, marcado para o dia 11 de outubro, foi suspensa, já que o calendário de provas ainda não foi definido.