Esportes

Gol de Orejuela é quarto mais rápido de um estreante na história do São Paulo

Gazeta
Gazeta Esportiva

13 de maio de 2021 - 19:30 - Atualizado em 13 de maio de 2021 - 19:45

O lateral-direito Orejuela estreou em grande estilo pelo São Paulo. No empate em 1 a 1 contra o Rentistas, do Uruguai, na quarta-feira, o colombiano abriu o placar e ainda se tornou quarto estreante a marcar um gol mais rápido pelo Tricolor.

Titular, Orejuela balançou as redes logo em seu segundo toque na bola, aproveitando o escanteio cobrado por Igor Gomes para desviar de cabeça. O tento saiu aos 3 minutos e 41 segundos do primeiro tempo. Em toda a história do clube do Morumbi, apenas outros três estreantes marcaram em menos tempo.

O líder da lista é Armandinho, que demorou somente 30 segundos para inaugurar o marcador em sua estreia, diante da Seleção dos Estados Unidos, em 1930. Na ocasião, o São Paulo triunfou por 5 a 3 na Chácara da Floresta.

Na segunda colocação está o centroavante Washington, que estreou pelo Tricolor contra a Portuguesa, pelo Campeonato Paulista de 2009. No Canindé, o atacante balançou as redes com 1 minuto e 39 segundos de partida, após escanteio cobrado por Hernanes. Na segunda etapa, o “Coração Valente” ainda marcaria novamente, dando números finais ao confronto.

Já em 1990, Eliel teve uma das melhores estreias da história do São Paulo. O jogador, formado nas categorias de base do clube, marcou os três primeiros gols da goleada por 4 a 0 sobre o Vitória, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro. O tento que abriu o placar foi anotado com 2 minutos de bola rolando.

Confira os 10 gols de estreantes mais rápidos da história do São Paulo:

1 – Armandinho: 30 segundos (São Paulo 5 x 3 Estados Unidos – 10/08/1930)

2 – Washington: 1 minuto e 39 segundos (Portuguesa 0 x 2 São Paulo – 25/01/2009)

3 – Eliel: 2 minutos (São Paulo 4 x 0 Vitória – 24/10/1990)

4 – Orejuela: 3 minutos e 41 segundos (Rentistas-URU 1 x 1 São Paulo – 12/05/2021)

5 – Zé Carlos: 4 minutos (Cruzeiro-SP 1 x 3 São Paulo – 20/08/1978)

5 – Fernandinho: 4 minutos (São Paulo 5 x 1 Monte Azul – 28/02/2010)

7 – Helinho: 4 minutos e 49 segundos (São Paulo 2 x 2 Flamengo – 04/11/2018)

8 – Antoninho: 5 minutos (São Paulo 3 x 2 Portuguesa Santista – 25/01/1936)

9 – Vasconcelos: 6 minutos (São Paulo 4 x 1 Audax Italiano-CHI – 03/01/1958)

10 – Paraíba: 8 minutos (Araguari 3 x 2 São Paulo – 17/04/1955)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.