Esportes

Goiás quer a terceira vitória seguida e sabe que vai ter uma pedreira pela frente

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

30 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 30 de setembro de 2019 - 00:00

Animado por duas vitórias seguidas que deram novo ânimo ao time, o Goiás não se ilude com a sua luta para evitar o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Muito menos em relação à crise vivida pelo Cruzeiro – rival desta segunda-feira, às 20 horas, no estádio Serra Dourada, em Goiânia, pela 22.ª rodada -, que nesta semana demitiu Rogério Ceni e contratou Abel Braga. O técnico Ney Franco não tem dúvida em afirmar: “Vai ser outra pedreira”.

Para o técnico esmeraldino, a situação do adversário é momentânea e o principal é manter o foco na regularidade do seu time. “Eles têm um grande elenco, recheado de grandes jogadores. De uma hora para outra eles vão começar a vencer e já estão lá em cima na tabela. Nós precisamos manter a humildade, continuar trabalhando e pensando jogo a jogo”, explicou o técnico.

Com 27 pontos, o time goiano continua olhando para a parte debaixo da tabela de classificação para evitar a ameaça de rebaixamento. Por isso, espera emplacar a terceira vitória consecutiva. “Pontuar em casa é nossa obrigação, mas temos que respeitar o forte adversário que teremos pela frente”, ponderou Ney Franco.

O time deve ter apenas uma mudança. Sem poder contar com seus dois laterais – Jefferson e Marcelo Hermes -, suspensos pelo terceiro cartão amarelo, Ney Franco deve promover a entrada de Alan Ruschel, ex-Chapecoense, na lateral esquerda.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.