Esportes

Gil, ex-Corinthians, é preso por dívida com pensão alimentícia

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

2 de novembro de 2018 - 00:00 - Atualizado em 2 de novembro de 2018 - 00:00

Jogador foi levado para uma cadeia pública (Foto: Reprodução/Facebook)

Gonçalves, de 38 anos, foi preso em sua casa, em um condomínio fechado na cidade de Araçatuba

O ex-atacante Gilberto Ribeiro Gonçalves, mais conhecido como Gil, antigo Corinthians, foi preso na manhã desta quinta-feira (1º), em Araçatuba, interior de São Paulo, por uma dívida relacionada ao não pagamento de pensão alimentícia.

Gonçalves, de 38 anos, foi preso em sua casa, em um condomínio fechado na cidade de Araçatuba, e levado para a cadeia pública da cidade vizinha, Penápolis. O valor da dívida, sem correções, até setembro de 2018, mês em que foi expedido o mandado de prisão, é de cerca de R$ 25 mil. Caso não pague, ele deve ficar detido por ao menos 30 dias.

O R7 tentou contato por telefone com a família do jogador e com dois advogados que representam Gilberto, mas até a publicação desta reportagem, não obteve retorno. Gil foi revelado no Corinthians no ano 2000. Em 2001, foi Campeão Paulista e vice da Copa do Brasil. O jogador chegou a ser considerado um dos mais rápidos do futebol brasileiro e ganhou diversos prêmios.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.