Esportes

Galiotte justifica saída e agradece a Luxa: “Maior campeão da história do Palmeiras”

Gazeta
Gazeta Esportiva

15 de outubro de 2020 - 16:05 - Atualizado em 15 de outubro de 2020 - 19:15

Demitido após a derrota contra o Coritiba, Vanderlei Luxemburgo ganhou um discurso de agradecimento de Maurício Galiotte na tarde desta quinta-feira. O presidente do Palmeiras, em busca de um novo modelo de jogo para o time, ainda justificou a decisão de encerrar a quinta passagem do técnico pelo clube.

Da Academia de Futebol, Galiotte e o diretor de futebol Anderson Barros conversaram com a imprensa por pouco mais de 40 minutos. Antes de se colocar à disposição dos jornalistas, o presidente do Palmeiras usou a palavra para falar sobre o último treinador.

“O Palmeiras em 2020 atravessou várias situações que precisavam de mudanças e fizemos. O Vanderlei participou de todo esse processo com conquistas. Então, fica aqui nosso agradecimento ao técnico que mais vezes foi campeão dirigindo o Palmeiras”, declarou.

Dono de oito títulos no comando do Palmeiras, incluindo o Campeonato Paulista 2020, Luxa acumulou nesta temporada 18 vitórias, 15 empates e cinco derrotas, com 54 gols marcados e 28 sofridos. Os últimos três reveses vieram de maneira consecutiva, algo decisivo para findar o ciclo do treinador.

“É um momento de transformação. Entretanto, não estamos conseguindo obter o desempenho. O principal motivo da mudança (de técnico) é que não estamos mostrando aquilo que tínhamos desenhado para que o time mostrasse em campo”, explicou Mauricio Galiotte.

Pelo Palmeiras, o recordista Luxa ganhou o Campeonato Paulista (1993, 1994, 1996, 2008 e 2020), o Brasileiro (1993 e 1994) e o Rio-São Paulo (1993). Aos 68 anos, ele sai com um retrospecto global de 244 vitórias, 96 empates e 71 derrotas em 411 jogos, com 810 gols marcados 372 sofridos.