Esportes

Galiotte diz que cobrança de Abel Ferreira não agrega: “Não soma absolutamente nada”

Gazeta
Gazeta Esportiva

24 de junho de 2021 - 14:07 - Atualizado em 24 de junho de 2021 - 14:30

Na quarta-feira, Abel Ferreira falou em entrevista coletiva que não vive mais a expectativa de receber reforços da diretoria do Palmeiras, mesmo tendo feito um extenso relatório em março, apontando as carências do elenco. Nesta quinta, o presidente do Verdão, Maurício Galiotte, comentou sobre a declaração do treinador.

Na visão do mandatário, a fala de Abel na coletiva não é construtiva. Galiotte argumenta que o técnico está por dentro de todos os passos dados pela cúpula diretiva do clube nos últimos meses, conhecendo as dificuldades envolvidas na pandemia.

“Não agrega, ela (declaração) não soma. Até porque ele sabe de todos os detalhes. Então, acho que isso não agrega para o Abel, não soma absolutamente nada para os jogadores, para a direção, para o torcedor. Acaba expondo situações já tratadas internamente no clube. E não é dizer que é algo que a gente não sabe o que está acontecendo. A gente sabe exatamente o que está acontecendo, mas vamos tratar com muita responsabilidade”, afirmou Galiotte ao SporTV.

“Eu também quero reforçar a minha equipe e ter um time imbatível, mas a gente tem que ter equilíbrio nas nossas ações e nas nossas atitudes neste momento. E o Abel sabe disso, porque a gente trabalha com transparência, de uma maneira muito clara. A gente tem um diálogo praticamente diário na Academia de Futebol. Todos aqui têm o mesmo objetivo, que é vencer. Mas o fato é: temos que ser responsáveis”, completou.

Galiotte é firme ao destacar a importância de ter responsabilidade financeira em um momento financeiro delicado para todos os clubes do futebol brasileiro.

“Eu mesmo falei para o Abel, na sala dele, faz dois ou três dias: ‘Abel, nós temos uma situação muito peculiar e específica, temos que ter muito cuidado’. Porque toda a crise que vivemos no ano passado se mantém neste ano. Óbvio que o relatório de futebol é importante, mas também é importante o administrativo, o financeiro”, disse o presidente.

Por fim, Galiotte revelou que terá uma conversa com o elenco e com a comissão técnica na sexta-feira, aparando todas as arestas relacionadas ao planejamento do Verdão.

“Eu estarei amanhã com todo o grupo, com todos os jogadores, com toda a comissão técnica, passando detalhadamente para eles, caso haja alguma dúvida, o que é situação atual do Palmeiras, o que a gente espera, quais os próximos passos, quais são nossos objetivos”, finalizou.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.