Brasileirão Série A

Gabriel faz 2 em vitória do Santos sobre lanterna Paraná no Brasileiro

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

10 de setembro de 2018 - 00:00 - Atualizado em 10 de setembro de 2018 - 00:00

A partida começou a esquentar aos 23 minutos, quanto Nadson pegou um rebote e soltou uma bomba de fora da área (Foto: Geraldo Bubniak)

Atacante fez os gols da vitória por 2 a 0, neste domingo (9), em Curitiba, chegou ao 12º gol no Brasileirão e se isolou na artilharia do campeonato

Com o resultado, o Santos chegou aos 31 pontos e assumiu a oitava posição do Brasileiro. O Paraná, com apenas 16 pontos, segue na lanterna da competição, seis pontos atrás da Chapecoense (19ª colocada).

O jogo

O Paraná começou a partida recuado. O Santos buscava ter o domínio das ações e criar as jogadas ofensivas. Mas o jogo foi morno nos primeiros 20 minutos. A partida começou a esquentar aos 23 minutos, quanto Nadson pegou um rebote e soltou uma bomba de fora da área que bateu na trave direita do goleiro Vanderelei.

Na sequência, os ânimos se exaltaram depois de uma falta do atacante Carlos no meia costarriquenho Bryan Ruiz . Houve discussão entre os jogadores das duas equipes.Aos 35 minutos, houve nova confusão entre paranistas e santistas. Victor Ferraz, do Santos, iniciou uma discussão com o técnico do Paraná, Claudemir Oliveira, depois de um carrinho de Alex Santana sobre Bryan Ruiz quase na linha lateral.

Os jogadores que se estavam nos bancos de reservas também se envolveram no tumulto e o árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva decidiu expulsar o treinador do Paraná. O primeiro tempo terminou com muito nervosismo e poucas jogadas ofensivas.

Segunda etapa

Na volta dos vestiários, o técnico Cuca optou por colocar em campo o jovem Rodrygo no lugar de Bryan Ruiz para ser mais agressivo ofensivamente. A estratégia deu resultado. Aos 6minutos, Gabriel aproveitou o passe de Victor Ferraz da linha de fundo, girou e chutou forte para abrir o placar. Na comemoração, ele fez gestos para que a torcida adversária se calasse e foi advertido com o cartão amarelo.Foi o 11º gol de Gabriel no Brasileiro e o atacante santista se isolou na artilharia do campeonato.

O jogo continuou violento. Aos 11 minutos, o volante santista Yuri fez falta violenta em Jhonny Lucas e também recebeu o cartão amarelo. Do lado paranaense, o paraguaio Ortigoza, que já vestiu as camisas de Palmeiras e Cruzeiro, entrou aos 21 minutos e já exigiu uma boa defesa de Vanderlei no primeiro lance em campo.

Mas, aos 32 minutos, Gabriel marcou de novo e praticamente liquidou a partida. O atacante escorou um cruzamento de Derlis Gonzáles e chegou ao 12º gol no Nacional.Aos 40, Gabriel foi atingido pelo goleiro Richard que saiu para evitar o terceiro gol do artilheiro na partida. O santista levou a pior no choque — foi atingido no abdôme pelo adversário — e foi substituído para evitar problemas.

Nos minutos finais, o Paraná tentou diminuir a desvantagem, mas o Santos administrou o resultado e conseguiu uma boa vitória fora de casa.

Próximos jogos

Paraná e Santos voltarão a campo somente no próximo fim de semana e novamente pelo Brasileirão (25ª rodada). No sábado, às 16 horas, o Paraná enfrentará o Grêmio, em Porto Alegre. Já o Santos receberá o São Paulo no clássico paulista marcado para o domingo, às 16 horas, na Vila Belmiro.

Ficha técnica
PARANÁ 0 x 2 SANTOS
9/9 – Vila Capanema (Curitiba)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa); Público: 5.177; Gols: Gabriel, aos 6 e aos 32 minutos do 2º tempo; Cartões amarelos: Carlos, Renê, Alex Santana, Jhonny Lucas (Paraná); Gabriel, Robson Bambu (Santos)
PARANÁ: Richard; Júnior, Renê, Ryan e Igor; Alex Santana, Jhonny Lucas, Caio Henrique (Maicosuel, aos 30 do 2º) e Nadson (Ortigoza, aos 21 do 2º); Carlos (Deivid, aos 13 do 2º) e Rafael Grampola. Técnico: Claudinei Oliveira.
SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Robson Bambu, Gustavo Henrique e Dodô; Yuri, Diego Pituca e Bryan Ruiz (Rodrygo, no intervalo); Derlis Gonzáles, Gabriel (Jonathan Copete, aos 41 do 2º) e Bruno Henrique. Técnico: Cuca.