Esportes

Gabigol faz acordo com a Justiça e se livra de processo após flagra em cassino

Gazeta
Gazeta Esportiva

26 de abril de 2021 - 19:20 - Atualizado em 26 de abril de 2021 - 19:45

O atacante Gabigol se livrou de problemas maiores na Justiça por conta do episódio do cassino. O jogador foi detido no dia 14 de março quando estava em um cassino clandestino, na Zona Sul da capital paulista.

O atacante do Flamengo fez um acordo com a Justiça de São Paulo e não será processado por crime contra a saúde pública.

Gabigol descumpriu as normas de distanciamento social durante a quarentena, em razão da pandemia de covid-19. Agora, terá de pagar 100 salários mínimos ao Fundo Municipal da Criança e o Adolescente. Assim, sob essa condição, o processo vai ser extinto. A pena por essa infração prevê de um mês a um ano de detenção, além de multa, no caso de condenação.

A audiência aconteceu por videoconferência na tarde desta segunda-feira. No entanto, Gabriel teve atuação discreta, não comentou o processo e apenas aceitou os termos propostos pela Justiça. Assim, saiu de campo sem reclamar do juiz.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.