Futebol

Neymar é suspenso após expulsão polêmica; Liga investiga caso de racismo

O caso ganhou destaque após Neymar acusar o espanhol Alvaro González de racismo e pedir a expulsão do zagueiro

Gazeta
Gazeta Esportiva
Neymar é suspenso após expulsão polêmica; Liga investiga caso de racismo
(Foto: REUTERS/Christian Hartmann)

16 de setembro de 2020 - 18:11 - Atualizado em 17 de setembro de 2020 - 07:39

A Liga Profissional de Futebol da França (LFP) determinou nesta quarta-feira a suspensão de Neymar por dois jogos após sua expulsão na última partida pelo Paris Saint-Germain, contra o Olympique de Marseilha. Acusado de racismo pelo atacante, o espanhol Alvaro González vai ser investigado pela comissão disciplinar.

Neymar recebeu uma suspensão de três jogos, contudo o terceiro entrou em efeito “sursis”. Ou seja, o atacante irá cumprir a terceira partida de suspensão apenas em caso de se envolver em uma nova confusão disciplinar nas próximas 10 partidas da Liga. Caso contrário, o terceiro jogo de suspensão é anulado.

O clássico disputado no domingo teve um total de 5 jogadores expulsos – três do PSG e dois do Marseilha. Todos os jogadores envolvidos receberam punição. Kurzawa, lateral do time de Paris, pegou o maior gancho, de seis jogos.

O caso ganhou destaque após Neymar acusar o espanhol Alvaro González de racismo e pedir a expulsão do zagueiro. Após a acusação, o atacante acertou um tapa na cabeça do adversário e acabou sendo expulso. O caso se estendeu para fora do gramado e ambos os atletas trocaram mensagens nas redes sociais. A Liga decidiu, a partir da acusação, abrir uma investigação de racismo em cima do jogador espanhol.