Futebol Nacional

Grêmio rescinde o contrato do meia Thiago Neves depois de 14 jogos

O jogador atuou em 14 partidas com a camisa do tricolor e marcou apenas um gol

Gazeta
Gazeta Esportiva
Grêmio rescinde o contrato do meia Thiago Neves depois de 14 jogos

4 de setembro de 2020 - 15:07 - Atualizado em 4 de setembro de 2020 - 17:29

O presidente Romildo Bolzan informou nesta sexta-feira que o Grêmio decidiu rescindir com o meia Thiago Neves. A informação foi revelada pelo mandatário em contato com a Gaúcha Zero Hora.

“Não existe declaração a fazer. Todas as partes já estão devidamente comunicadas”, disse.

A medida da direção foi tomada em virtude de uma cláusula no contrato do atleta que determinava que se ele fosse relacionado para 20 jogos, o seu vínculo com a equipe gaúcha seria estendido até o final de 2021. Dessa forma, devido ao baixo rendimento do meio-campista e o seu alto salário (cerca de R$ 600 mil), a diretoria resolveu dispensá-lo.

Contratado no início do ano, o jogador de 35 anos realizou apenas 14 partidas com a camisa tricolor e marcou somente um gol. Agora, Thiago Neves está livre no mercado para assinar com qualquer outro clube. Antes do Grêmio, o meia atuava pelo Cruzeiro.