Futebol Nacional

Corinthians recebe Mirassol na Arena em busca da quarta final seguida de Paulistão

Atual tricampeão da competição, Corinthians busca hoje a quarta final consecutiva no Paulistão

Gazeta
Gazeta Esportiva
Corinthians recebe Mirassol na Arena em busca da quarta final seguida de Paulistão
Jogadores do Corinthians comemoram o gol de Gil na última vitória contra o Palmeiras (FOTO: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)

1 de agosto de 2020 - 20:00 - Atualizado em 2 de agosto de 2020 - 11:13

O Corinthians segue em busca do tetracampeonato paulista. Após eliminar o Red Bull Bragantino na última quinta-feira, o Timão recebe o Mirassol, neste domingo, às 16h (Brasília) na Arena Corinthians, pelas semifinais do Estadual.

O duelo ocorre em jogo único e uma vitória simples coloca uma das equipes na final do Paulistão. Em caso de empate no tempo normal, a disputa vai para os pênaltis. Quem avançar, encara Palmeiras ou Ponte Preta na decisão.

De quase eliminado na fase de grupos à favorito no duelo das semifinais, o Alvinegro teve recuperação improvável no retorno do campeonato após a paralisação pela pandemia do coronavírus. O Corinthians venceu seus três jogos desde a retomada, anotando cinco gols e não sofrendo nenhum.

Para Jô, apesar das diferenças, a equipe tem a mesma mentalidade da campeã em 2017, apelidada de ‘quarta força’.

“Acho que quem trabalha no Corinthians e joga há muitos anos aqui sabe que o Corinthians sempre foi assim, sempre foi cobrado, sempre esteve sob pressão. Em 2017 houve esse episódio de quarta força, mas nós profissionais pegamos isso como combustível, tentando mostrar para todo mundo que tem que ter respeito entre profissionais”, contou em entrevista coletiva virtual na sexta-feira.

“Esse ano volta o mesmo episódio e a gente continua com a mesma mentalidade. Eu procuro conversar com todo mundo, com os pés nos chão, com a humildade que estamos tendo. É com o trabalho que estamos fazendo no dia a dia que vamos chegar longe”, completou o atacante.

Com Jô no comando do ataque, Tiago Nunes deve repetir a equipe que superou o Braga: Cássio; Fagner, Gil, Danilo Avelar e Carlos; Gabriel, Ederson, Ramiro e Luan; Vital e Jô.

Recuperado do coronavírus, Cantillo teve vínculo estendido com o Timão nesta semana e está liberado para jogar. O volante, no entanto, ainda não está no mesmo nível dos demais devido ao período em quarentena de deve começar no banco de reservas, assim como Everaldo, antes titular, mas que novamente deve ser substituído por Vital. O atacante foi desfalque na quinta por causa de sores na coxa e, neste domingo, deve ser opção.

No outro lado da disputa, o Mirassol tenta feita inédito em sua história: chegar a uma final de Campeonato Paulista. Mesmo após desmonte na paralisação, o time do interior eliminou o São Paulo nas quartas de final e sonha com a decisão.

Do time que bateu o Tricolor no Morumbi, oito não faziam parte da equipe antes da parada. Entre eles, o atacante Zé Roberto, que marcou dois gols na vitória. “A gente acreditava o tempo todo. Sabíamos que seria muito difícil, que a gente poderia sair derrotado do jogo, mas a gente acreditava a todo momento”, contou em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva.

“(O Mirassol) pode (surpreender). A gente confia do mesmo jeito e acredita que pode vencer. Lógico que vai ser outro jogo muito difícil, acho que agora pode ser um jogo até mais difícil, não pelo adversário ser melhor que o São Paulo, mas por eles saberem do que a gente é capaz agora. Vai ser um jogo bastante pegado, disputado”, seguiu.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS x MIRASSOL

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)

Data: 2 de agosto de 2020, domingo

Horário: 16h (de Brasília)

Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias Araujo

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Neuza Ines Back

VAR: Raphael Claus

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Gil, Danilo Avelar e Carlos; Gabriel, Ederson, Ramiro e Luan; Vital e Jô.

Técnico: Tiago Nunes

MIRASSOL: Kewin; Daniel Borges, Renie, Danilo Boza e Moraes; Alison, Eduardo e Kauan; Juninho, Zé Roberto e Bruno Mota.

Técnico: Ricardo Catalá