Campeonato Carioca

Willian Arão se consolida na zaga e Léo Pereira continuará de lado

Desde a reta final do Brasileirão, Willian Arão assumiu a zaga e agradou ao técnico Rogério Ceni

Gazeta
Gazeta Esportiva
Willian Arão se consolida na zaga e Léo Pereira continuará de lado

1 de abril de 2021 - 17:44 - Atualizado em 1 de abril de 2021 - 18:36

O novo posicionamento do volante Willian Arão como zagueiro vai se consolidando na formação ideal do Flamengo para o técnico Rogério Ceni. Após as boas atuações no Campeonato Brasileiro, o jogador passou a pré-temporada treinando como zagueiro e foi titular na posição na estreia contra o Bangu, nesta quarta-feira.

Desde a reta final do Brasileirão, o recuo de Arão para a vaga do lesionado Rodrigo Caio e a entrada de Diego Ribas no meio coincidiu com a evolução da equipe em campo. O sucesso do jogador na zaga pode ser medido pela opção do treinador em mantê-lo no time ao lado do camisa três quando este retornou.

“Na temporada passada, ele sinalizou extremamente positivo pra gente quando fizemos essa alteração, de colocar o Diego no meio com o Arão na zaga, foi quando o time teve bons momentos na competição. Acho que ele vem rendendo o suficiente na dupla que ele formou com o Gustavo. Só teve uma derrota que nós sofremos em seis jogos. Tenho visto potencial nele para continuar, a não ser em ocasiões extremas, um time muito alto, como foi contra o Goiás, por exemplo, mas caso contrário vejo ele com muito potencial nessa posição”, afirmou Ceni após a vitória por 3 a 0 sobre o Bangu.

A mudança de posição de Arão, somado à contratação de Bruno Viana, entretanto, já está tendo consequências no elenco. O Flamengo se viu com um excesso de jogadores para a zaga. Em 2020, o Rubro-Negro contratou Gustavo Henrique e Léo Pereira e promoveu o jovem Natan aos profissionais. Até alguns dias atrás, eram, portanto, sete jogadores para duas vagas contando com Rodrigo Caio e Thuler.

A diretoria então decidiu emprestar Natan ao Red Bull Bragantino e está prestes a fazer o mesmo com Thuler, mas para o Montpelier, da França. Resta saber como será a temporada de Léo Pereira. No ano passado ele foi preterido por Ceni após alguns jogos como titular e não voltou mais ao time.

Neste início de temporada, tudo indica que ele será a quinta opção na zaga do Flamengo. A princípio, Rodrigo Caio e Arão serão os titulares, com Bruno Viana e Gustavo Henrique como suplentes imediatos.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.