Campeonato Carioca

Flamengo bate o Fluminense e levanta a taça do Campeonato Carioca

Flamengo vence pelo placar de 3 a 1, conquista o 37º título carioca e vai em busca do tetra inédito

Guilherme
Guilherme Boller
Flamengo bate o Fluminense e levanta a taça do Campeonato Carioca
Nome do jogo, Gabigol marcou duas vezes e finalizou o campeonato como artilheiro da equipe (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

22 de maio de 2021 - 23:20 - Atualizado em 22 de maio de 2021 - 23:26

Na noite de sábado, o Flamengo repetiu a temporada passada e bateu o Fluminense na decisão do Campeonato Carioca no Maracanã.

Com gols de Gabigol e João Gomes, a equipe rubro-negra garantiu o 37º título estadual, o terceiro em sequência, consolidando a hegemonia do Fla com as conquistas recentes.

Já o tricolor volta as atenções para a Libertadores, onde na próxima terça-feira enfrenta o River Plate em partida que vale vaga para as oitavas de final da competição.

Flamengo 3 x 1 Fluminense

Após um primeiro confronto quente entre as duas equipes, o segundo confronto da decisão se iniciou de maneira mais morna, com as duas equipes procurando espaços no campo para chegarem ao ataque.

O Flamengo era mais perigoso e chegava mais ao ataque, principalmente nas jogadas pela esquerda construídas por Gabigol. E o atacante foi o grande nome da partida, sendo o principal articulador da equipe e grande finalizador. Nas primeiras tentativas em que teve oportunidade, ele parou no goleiro Marcos Felipe aos 12 e desperdiçou nova chance aos 19, quando chutou cruzado pela linha de fundo.

Apesar disso, o artilheiro da equipe na temporada seguia insistindo e quando não estava dentro da área para finalizar, aparecia bem para servir os seus companheiros. Aos 41 minutos, Gabigol lançou para Arrascaeta na área, que dominou livre já driblando o goleiro Marcos Felipe, mas o choque com o goleiro do Flu veio e o árbitro marcou pênalti no lance.

Artilheiro do Fla e a taça do Campeonato Carioca (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)

Assim como na primeira partida, Gabigol chamou a responsabilidade da cobrança e abriu o placar para o Flamengo. Dominado, o Fluminense não criou nenhuma oportunidade no primeiro tempo, jogando somente na defesa e sem bola, e viu a situação ficar ainda mais crítica dois minutos após tomar o primeiro gol.

Já nos acréscimos da primeira etapa, Gabigol fez boa troca de passes pela esquerda com Filipe Luís, recebeu a bola na grande área e finalizou cruzado, para ampliar a vantagem do Flamengo na partida.

Acuado e sem criação, o Fluminense voltou a campo na segunda etapa com mudanças nas duas pontas do ataque, promovendo as entradas de Gabriel Teixeira e Caio Paulista nos lugares de Kayky e Luiz Henrique. As mudanças surtiram efeito e o Flu voltou mais aceso.

De pênalti, Fred fez o gol do Flu na decisão contra o Flamengo (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

Logo aos três minutos, após boa jogada no ataque tricolor, Fred espirrou a bola para Caio Paulista na grande área, que foi atingido por Rodrigo Caio na dividida. Após revisão do VAR, o árbitro reavaliou o lance e marcou pênalti. O artilheiro Fred veio para cobrança e diminuiu a vantagem do Fla logo nos minutos iniciais do segundo tempo.

Precisando de mais um gol, o Fluminense passou a jogar mais aberto e dava espaços para o Flamengo, que chegava com velocidade ao ataque. Com isso a segunda etapa foi mais movimentada e as duas equipes chegavam com perigo no ataque.

A equipe tricolor até chegava no ataque, mas o poder ofensivo do adversário rubro-negro era letal. Aos 41, após rápida jogada armada pelo Flamengo, Pedro ficou com a bola na entrada da área e tentou a finalização. Marcos Felipe espalmou, mas a sobra ficou nos pés do garoto João Gomes, que tinha acabado de entrar na partida, para chutar e dar números finais a partida.

Além de quebrar o retrospecto recente sem vitórias contra o Flu, o Flamengo repete a última temporada, quando venceu o rival na decisão do Cariocão. É o 36º título estadual da equipe rubro-negra, o terceiro seguido, consolidando a hegemonia do Fla no futebol carioca.

Ficha Técnica

Campeonato Carioca
Final
Local: Maracanã– Rio de Janeiro/RJ
Horário: 21h05
Arbitragem: Bruno Arleu de Araújo, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha. Carlos Eduardo Nunes Braga comandou o VAR
Flamengo: Gabriel Batista, Isla (Matheuzinho), Rodrigo Caio, Willian Arão e Filipe Luís; Diego (Hugo Moura), Gerson (João Gomes) e Arrascaeta (Vitinho); Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabigol(Pedro)
Técnico: Rogério Ceni
Cartões amarelos: Rodrigo Caio (30/1ºT) e Bruno Henrique (48/2ºT)
Gols: Gabigol (44 e 46/1ºT) e João Gomes (41/2ºT)
Fluminense: Marcos Felipe, Calegari, Nino, Luccas Claro e Danilo Barcelos; Yago Felipe (Bobadilla), Martinelli e Nenê (Cazares); Kayky (Gabriel Teixeira), Luiz Henrique (Caio Paulista) e Fred (Abel Hernandez)
Técnico: Roger Machado
Cartões amarelos: Danilo Barcelos (24/1ºT), Marcos Felipe (42/1ºT), Fred (2/2ºT), Nino (7/2ºT), Yago Felipe (21/2ºT), Luccas Claro (29/2ºT)
Gols: Fred (6/2ºT)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.