Campeonato Carioca

Após empatar com Botafogo, Volta Redonda é o primeiro classificado para a semifinal da Taça Guanabara

Além da classificação, Voltaço fica com a liderança provisória da competição. Botafogo vê chances de classificação ficarem mais distantes

Guilherme
Guilherme Boller
Após empatar com Botafogo, Volta Redonda é o primeiro classificado para a semifinal da Taça Guanabara
Luciano Naninho, autor do primeiro gol contra o Botafogo, comemora com o goleiro Vinicíus (FOTO: Caique Coufal/Instagram Volta Redonda)

10 de abril de 2021 - 23:06 - Atualizado em 10 de abril de 2021 - 23:06

Na abertura da 9ª rodada da Taça Guanabara, Volta Redonda e Botafogo se enfrentaram no Raulino de Oliveira na noite de sábado.

Em jogo muito movimentado e com boas chances criadas pelas duas equipes, prevaleceu o empate de 2 a 2 no final da partida. Luciano Naninho e Alef Manga marcaram para o Voltaço, enquanto Felipe Ferreira e Rafael Navarro garantiram os tentos para o Fogão.

O resultado garantiu a liderança provisória ao Volta Redonda e a vaga para a semifinal da Taça Guanabara. Já o Botafogo vê as chances de classificação diminuírem e permanece fora do G-4.

Volta Redonda 2 x 2 Botafogo

As duas equipes entraram na partida com objetivos distintos. De um lado, o Volta Redonda buscava reassumir a liderança do campeonato e avançar para a próxima fase do torneio, enquanto o Botafogo pretendia entrar no G-4 da competição.

Com a necessidade de vencerem, as duas equipes protagonizaram um jogo movimentado e ofensivo desde os instantes iniciais da partida. Logo aos dois minutos, o Botafogo abriu o placar com Felipe Ferreira, que recebeu bom passe na entrada da área e esbanjou categoria para dominar e finalizar para o fundo do gol.

Felipe Ferreira comemora o primeiro gol do Botafogo contra o Volta Redonda (FOTO: Divulgação/Botafogo)

O Voltaço não se abateu com o gol sofrido no início e se lançou ao ataque em busca do empate. Os donos da casa criavam muito, mas pecavam nas finalizações dos seus atacantes. Nas jogadas de contra-ataque, o Botafogo sempre respondia com perigo, mas também desperdiçava as chances de finalização.

Aos 39, depois de tanto insistir, o Volta Redonda conseguiu o empate com Luciano Naninho. Após bate e rebate na área, o camisa 10 recebeu um cruzamento rasteiro e arrematou de primeira para igualar o placar.

No segundo tempo, a partida manteve a intensidade da primeira etapa, com as duas equipes criando boas chances de gol. Logo aos 6 minutos, Rafael Navarro em ótima jogada individual carregou a bola, se livrou da marcação do zagueiro adversário e saiu na cara do gol para colocar o Botafogo novamente a frente do placar.

Mas logo aos 16, a estrela do artilheiro do campeonato brilhou e ajudou o Volta Redonda a igualar o placar. Alef Manga, após desatenção da zaga do Botafogo, recebeu livre na entrada da área e marcou o oitavo gol dele no Carioca.

A busca pela vitória foi intensa pelas duas equipes durante a partida, mas o empate acabou prevalecendo em uma das melhores partidas da competição até o momento. O resultado foi bom para o Volta Redonda, que fica um ponto a frente do Flamengo e assume a liderança provisória do Cariocão. Já o Botafogo estaciona na quinta posição com 12 pontos e vê as chances de classificação diminuírem

As duas equipes voltam a campo no próximo final de semana. Ainda sem datas e horários definidos, a única coisa que se sabe são os próximos adversários: O Botafogo fará clássico contra o Fluminense, enquanto o Volta Redonda enfrenta o Bangu.

Ficha Técnica

Taça Guanabara
9ª rodada
Local: Estádio Raulino de Oliveira– Volta Redonda/RJ
Horário: 21h05
Arbitragem: Grazianni Maciel Rocha, auxiliado por Carlos Henrique Alves de Lima Filho e Ivan Silva Araújo
Volta Redonda: Vinícius, Oliveira, Luan Leite, Heitor e Luiz Paulo; Bruno Barra, Emerson Jr. E Luciano Naninho (Marcos Vinicius); Alef Manga, MV (Caio Vitor) e João Carlos
Técnico: Neto Colucci
Gols: Luciano Naninho (39/1ºT) e Alef Manga (16/2ºT)
Cartões amarelos: Caio Vitor (18/2ºT), Heitor (45/2ºT) e Alef Manga (48/2ºT)
Botafogo: Douglas Borges, Jonathan, Kanu, Gilvan e Rafael Carioca (Paulo Victor); Luiz Otávio, Ricardinho (Marcinho) e Matheus Frizzo; Felipe Ferreira (Ronald), Marco Antônio (Ênio) e Rafael Navarro (Matheus Nascimento)
Técnico: Marcelo Chamusca
Gols: Felipe Ferreira (2/1ºT) e Rafael Navarro (6/2ºT)
Cartões Amarelos: Rafael Carioca (9/2ºT) e Felipe Ferreira (12/2ºT)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.