Libertadores

Athletico viaja para Cochabamba com desfalques

O goleiro Jandrei, o zagueiro Thiago Heleno e os meias Leo Cittadini e Nikão não viajaram à Bolívia.

Eduardo
Eduardo Demeterco
Athletico viaja para Cochabamba com desfalques
Créditos: Fábio Wosniak/Athletico

14 de setembro de 2020 - 12:49 - Atualizado em 14 de setembro de 2020 - 12:49

O Athletico enfrenta o Jorge Wilstermann nesta terça-feira (15) às 19h15 em Cochabamba, na Bolívia. A partida é válida pela terceira rodada da Libertadores. Atualmente, o furacão ocupa a vice-liderança do grupo C.

Os atletas embarcam nesta segunda-feira (14) a tarde para a Bolívia com desfalques entre os relacionados. O goleiro Jandrei, zagueiro Thiago Heleno e os meias Leo Cittadini e Nikão não viajam com o restante do elenco.

Thiago Heleno possui uma pré-disposição genético que diminui a oxigenação no sangue em níveis de altitude, por isso, a comissão técnica optou por poupar o atleta de uma partida em uma cidade há 2570 metros de acima do nível do mar.

Já os meias Leo Cittadini e Nikão não conseguiriam reunir condições físicas adequadas até a partida e, por isso, apresentaram dores e foram poupados para que o clube não corra nenhum risco de lesão com os jogadores. Já o goleiro Jandrei, cumpre suspensão devido à expulsão na última partida na competição contra o Colo-Colo.

Provável time

O técnico Eduardo Barros deve ir a campo com Santos; Jonathan, Felipe Aguilar, Pedro Henrique e Márcio Azevedo; Wellington, Christian e Erick; Geuvânio, Fabinho e Bissoli.

Jorge Wilstermann

O clube boliviano ocupa a liderança do grupo C com 3 pontos conquistados, dois gols marcados e apenas um sofrido. Ao contrário do furacão, o time de Cochabamba não entra em campo desde o início da pandemia, são seis meses sem disputar uma partida oficial. A última vez que o Jorge Wilstermann entrou em campo foi no dia 14 de março quando empatou com o Bolívar em 1×1.

Para o retorno da competição, o clube do técnico Cristian Leonel Díaz contratou dois reforços: o goleiro Luis Alberto Ojeda do Mitre, da segunda divisão argentina e o atacante Patito Rodríguez que estava atuando na Europa, no Moreirense, em Portugal. A única baixa no elenco é o atacante Hugo Borges que estava emprestado pelo Corinthians.