Futebol internacional

Com Neymar garçom e dois gols de Mbappé, PSG vence Bayern por 3 a 2 em Munique

Com essa vantagem, basta um empate no jogo de volta para o PSG garantir sua classificação às semifinais da Champions

Gazeta
Gazeta Esportiva
Com Neymar garçom e dois gols de Mbappé, PSG vence Bayern por 3 a 2 em Munique
Neymar deu duas assistências no duelo (Foto: Reprodução)

7 de abril de 2021 - 17:53 - Atualizado em 7 de abril de 2021 - 19:10

O Paris Saint-Germain venceu o Bayern de Munique por 3 a 2 nessa quarta-feira, em Munique, em jogo válido pela ida das quartas de final da Liga dos Campeões. A dupla Neymar e Mbappé fez a diferença para os parisienses, com o brasileiro dando duas assistências e o jovem francês marcando dois gols.

O primeiro gol da partida saiu logo no início, aos três minutos de jogo. Em momento de desorganização defensiva do Bayern, Neymar partiu em velocidade e acionou Mbappé, que finalizou por baixo do goleiro Neuer, abrindo o placar.

Aos 28 minutos, Neymar novamente participou de um gol após cruzar para o zagueiro brasileiro Marquinhos, que teve espaço para dominar e tirar de Neuer com tranquilidade. Logo após seu gol, Marquinhos deixou o campo sentindo problemas físicos, dando lugar ao meia Ander Herrera.

Com a desvantagem de dois gols, o Bayern passou a pressionar os visitantes. Ainda no primeiro tempo, Choupo-Moting, ex-PSG, descontou de cabeça após bom cruzamento de Benjamin Pavard. Além da saída de Marquinhos, outros dois jogadores deixaram o campo lesionados. Leon Goretzka e Niklas Sule, do Bayern, foram substituídos por Alphonso Davies e Jerome Boateng.

Na segunda etapa, os alemães seguiram pressionando até conseguir o empate, que veio aos 15 minutos. Thomas Muller, mais uma vez no jogo aéreo, finalizou com liberdade a cobrança de falta cobrada por Joshua Kimmich, em bola levantada na área. No entanto, aos 23 minutos, o PSG retomou a vantagem após contragolpe bem elaborado que terminou em conclusão do Mbappé, que fez seu segundo gol no jogo.

Na reta final de partida, a equipe comandada pelo técnico Hansi Flick sentiu o desgaste físico e não conseguiu fazer a mesma pressão que vinha fazendo até sofrer o terceiro gol. O PSG conseguiu administrar sua vantagem, embora tenha flertado em alguns momentos com o gol de empate, em chutes de Alaba e Muller.

Com essa vantagem, basta um empate no jogo de volta para o PSG garantir sua classificação às semifinais da Champions. A segunda partida será terça-feira que vem, às 16 horas (de Brasília), no Parque dos Príncipes.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.