Esportes

Correndo risco de rebaixamento, Coritiba e Vitória ficam no 1 a 1

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

20 de novembro de 2014 - 00:00 - Atualizado em 20 de novembro de 2014 - 00:00

Ameaçados pelo fantasma da Série B, Coritiba e Vitória deixaram o placar no 1 a 1, nesta quarta-feira (19), no estádio Barradão, em Salvador. O resultado mantém as equipes como as duas primeiras fora do grupo da degola, mas ainda muito próximas da zona de rebaixamento – a Chapecoense, 17.ª colocada, tem dois pontos a menos que os dois times, que estão com 38, e ainda joga pela 35ª rodada nesta quinta-feira contra o Fluminense, no Rio.

O jogo

Jogando em casa e precisando do triunfo, o Vitória começou a partida tentando pressionar o Coritiba e conseguiu abrir o placar aos 18 minutos. Vinicius aproveitou uma falha na zaga do time paranaense, avançou pela lateral direita e passou para Dinei, perto da linha da pequena área, empurrar para o gol.

Em vantagem, o Vitória ainda teve a chance de ampliar em seguida, em uma finalização do zagueiro Roger Carvalho, aproveitando cobrança de escanteio. A bola desviou na zaga e bateu no travessão.

Passada a pressão inicial, o Coritiba começou a se encontrar no jogo e passou a levar perigo ao time baiano. Aos 23 minutos, Zé Eduardo driblou o lateral-direito Nino Paraíba dentro da área e, sozinho, chutou forte, cruzado, exigindo grande defesa de Wilson. Aos 36, a equipe paranaense chegou ao empate. Carlinhos recebeu de Alex, na lateral esquerda, e cruzou para a área. O zagueiro Luccas Claro foi mais alto que a marcação para completar de cabeça.

Os times voltaram com propostas distintas para o segundo tempo. Enquanto o Vitória buscava o ataque insistentemente, o Coritiba, aparentemente satisfeito com o empate, tentava valorizar a posse de bola e arriscava poucos contra-ataques. Apesar do ímpeto, o time baiano errava muitos passes e não conseguia levar perigo ao gol de Vanderlei.

Dinei ainda teve uma última chance clara para marcar para o time da casa aos 46 minutos, mas, de frente para o gol, chutou para fora a sobra de uma cobrança de falta.

Na próxima rodada, a 36.ª e antepenúltima da competição, o Vitória vai a Santa Catarina, onde enfrenta o Figueirense, no domingo, às 17 horas. Já o Coritiba recebe o Palmeiras no estádio Couto Pereira, em Curitiba, também no domingo, mas às 19h30.

Ficha técnica

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG).

Vitória: Wilson; Nino Paraíba, Kadu, Roger Carvalho e Mansur (Escudero); Adriano (Juan), Cáceres, José Welison e Marcinho (Edno); Vinicius e Dinei. Técnico: Ney Franco.

Coritiba: Vanderlei; Norberto, Luccas Claro, Welinton e Carlinhos; Hélder, Robinho, Alex (Sérgio Manoel) e Dudu (Martinuccio); Joel e Zé Eduardo (Elber). Técnico: Marquinhos Santos.

Gols: Dinei, aos 18, e Luccas Claro, aos 36 minutos do primeiro tempo.

Cartões amarelos: Cáceres, Nino Paraíba e José Welison (Vitória); Carlinhos e Martinuccio (Coritiba).

Renda: R$ 71.075,00.     Público: 7.692 pagantes.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.