Futebol Paranaense

Com um a mais desde o início, Paraná fica só no empate contra o Figueirense

Figueirense tem jogador expulso no começo do primeiro tempo, mas Tricolor não aproveitou a vantagem e ficou no empate

Guilherme
Guilherme Boller
Com um a mais desde o início, Paraná fica só no empate contra o Figueirense
Tricolor joga com um a mais desde o início, demonstra vontade, mas não sai do empate contra o Figueirense (Foto: Allexandre Fellipe/Paraná Clube)

13 de junho de 2021 - 17:54 - Atualizado em 13 de junho de 2021 - 17:56

Na tarde de domingo (13), Paraná e Figueirense se enfrentaram na Vila Capanema pela terceira rodada da Série C do Brasileirão.

Pressionado pela sequência ruim de resultados, o tricolor ficou apenas no empate, mesmo jogando com um a mais desde o início da partida.

Com o resultado, o Paraná soma o primeiro ponto na competição, mas chega a seis jogos seguidos sem vencer na temporada.

Paraná 1 x 1 Figueirense

Há cinco jogos sem vencer ou marcar gols, o Paraná entrou em campo pressionado, precisando de um bom resultado para afastar má fase. O Figueirense, adversário do tricolor neste domingo, também teve um início de temporada complicado, mas veio para a partida com mais confiança devido à vitória na última rodada.

Essa diferença na situação entre os clubes pôde ser observada logo nos minutos iniciais da partida, com a equipe de Florianópolis se lançando mais ataque e apresentando boas jogadas em velocidade. Logo aos 10 minutos, após boa jogada pela direita, Oberdan tentou o arremate da entrada da área para grande defesa de Bruno Grassi, mas no rebote Andrew, ex-Paraná, apareceu livre para abrir o placar.

Apesar da desvantagem, o Paraná não se abateu e partiu em busca do empate. Logo aos 14 minutos, após boa jogada de Gustavo França, Reis recebeu livre no meio da área, mas furou na hora de finalizar. Dois minutos depois o atacante se redimiu, recebendo bom passe pela direita e chutando cruzado para empatar a partida.

O gol deu confiança ao Tricolor, que buscava a primeira vitória na competição. Três minutos após alcançar o empate, o Paraná viu a situação melhorar com a expulsão de Edson Henrique após falta dura em Moisés Gaúcho. O zagueiro alvinegro impediu a jogada de ataque do adversário e recebeu o cartão vermelho direto.

Com um a mais, o Paraná tomou conta do primeiro tempo e viu um adversário impaciente, que reclamava da arbitragem e que pouco atacava após a abertura do marcador. Mas assim como nas outras partidas, o tricolor tinha dificuldades na criação e não conseguiu desempatar a partida.

Na volta para a segunda etapa, o técnico Maurílio promoveu a entrada de Bryan na lateral esquerda, buscando dar mais velocidade e movimentação para o tricolor no ataque. Mas foi o Figueirense que voltou mais concentrado e com mais presença no setor ofensivo, apostando principalmente nas jogadas de bola parada.

Já o Paraná chegava bem nas jogadas em velocidades pelas laterais, mas finalizava pouco, fazendo com que o goleiro adversário pouco trabalhasse no segundo tempo. O empate construído nos minutos iniciais de partida persistiu até o final, fazendo com que o tricolor conquistasse o primeiro ponto na competição e deixasse a lanterna para o Ituano.

Apesar de voltar a marcar, o Paraná aumenta o jejum de jogos sem vencer, chegando a marca de seis partidas sem vitória. O último triunfo tricolor foi no dia 9 de maio, na vitória contra o Cascavel CR pelo Campeonato Paranaense.

As duas equipes voltam a campo no próximo final de semana, pela 4ª rodada do Brasileirão. No sábado (19), o tricolor enfrenta o Ituano fora de casa, às 17h, enquanto no domingo (20) o Figueirense recebe o Mirassol, às 18h.

Ficha Técnica

Campeonato BrasileiroSérie C
3ª rodada
Local: Vila Capanema – Curitiba/PR
Horário: 16h
Arbitragem: Rodrigo José Pereira de Lima, auxiliado por Ricardo Bezerra Chianca e José Romao da Silva Neto

Paraná: Bruno Grassi, Pedro Costa, Micael (Lucas Abreu), Jonathan Costa (Bryan) e Hurtado; Moisés Gaúcho, Meneses e Gabriel Pires (Castanha); Gustavo França (Lucas Sene), Gustavinho (Adriano Junior) e Reis
Técnico: Maurílio Silva
Cartões amarelos: Micael (37/1ºT), Reis (42/2ºT)
Gols: Reis (16/1ºT)

Figueirense: Rodolfo Castro, André Krobel, Rayne, Edson Henrique e Denner Barbosa (Ítalo); Dener Pinheiro, Fabrício (Khevin) e Oberdan; Diego Tavares (Roberto), Andrew (Mirandinha) e Bruno Paraíba (Giva)
Técnico: Jorginho
Cartões amarelos: Dener Pinheiro(34/1ºT), Denner Barbosa (46/2ºT)
Cartões vermelhos: Edson Henrique (19/1ºT)
Gols: Andrew (10/1ºT)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.