Futebol Paranaense

Dentro de casa, Paraná perde mais uma pela Série C do Brasileirão

Tricolor sofre gol no primeiro tempo, não consegue reagir e perde a segunda partida na Série C do Brasileirão

Guilherme
Guilherme Boller
Dentro de casa, Paraná perde mais uma pela Série C do Brasileirão
Tricolor apresentou dificuldades no setor ofensivo e acumula duas derrotas em dois jogos pela Série C (Foto: Divulgação/Twitter Paraná Clube)

5 de junho de 2021 - 20:54 - Atualizado em 5 de junho de 2021 - 20:54

Pela segunda rodada do Grupo B da terceira divisão do Campeonato Brasileiro, Paraná e Botafogo-SP se enfrentaram na noite de sábado (5) na Vila Capanema.

Apresentando pouca criatividade no ataque, o tricolor perdeu pelo placar de 1 a 0 e acumula mais uma derrota na competição, acendendo o alerta pela briga para o acesso à Série B do Brasileirão.

Neto Pessoa, artilheiro da equipe de Ribeirão Preto, marcou para os visitantes ainda no primeiro tempo e garantiu a segunda vitória do pantera no torneio.

Paraná 0 x 1 Botafogo-SP

Pressionado pela estreia ruim na competição e pela sequência de resultados negativos, o Paraná entrou em campo pensando somente na vitória para afastar a má fase e quebrar um tabu de mais de 20 anos sem vencer o Botafogo-SP em Curitiba.

O tricolor até tomou a iniciativa da partida e se fez mais presente no campo de ataque desde o início, mas não apresentava criatividade e tinha dificuldades para finalizar ao gol.

Já o pantera de Ribeirão Preto buscou um jogo mais fechado, apostando nos contra-ataques e nos erros dos donos da casa. Foi justamente num erro de Maxi Rodríguez que nasceu o gol da equipe visitante aos 22 minutos de partida.

Após o camisa 10 paranista errar o passe no campo de ataque, o Botafogo-SP armou rápida jogada pela esquerda com Gustavo Xuxa que subiu com espaço e tocou na direita para o artilheiro Neto Pessoa abrir o placar livre de marcação.

Paraná enfrentou dificuldades na primeira etapa para finalizar ao gol (FOTO: Luis Cosenzo/Agência Botafogo)

Se a equipe de Ribeirão Preto já apostava num jogo reativo com o marcador zerado, a vantagem no placar fez a equipe assumir uma postura ainda mais defensiva, dificultando a chegada do Paraná ao ataque.

O tricolor até tentava buscar o empate, mas falhava nos passes próximos à grande área. As melhores oportunidades da equipe vieram de bola parada em cobrança de falta de Juninho e nas tentativas de cruzamento pelo escanteio.

Após um primeiro tempo fraco, o Paraná voltou para a segunda etapa sem mudanças na formação, mas com uma postura mais agressiva no ataque. Os donos da casa apostavam mais nas jogadas pelas laterais e passaram a arriscar com chutes de fora da área, levando mais perigo para o Botafogo-SP.

Apesar de na parte defensiva ter uma partida tranquila no segundo tempo, o setor ofensivo continuava apresentando as mesmas falhas dos 45 minutos iniciais, com muitos erros nos passes e nas tentativas de criação.

Satisfeito com a vantagem, a equipe visitante soube segurar o placar e engatou a segunda vitória na competição, chegando aos 6 pontos somados. Já o tricolor acumula mais uma derrota e segue sem pontuar na tabela

As duas equipes voltam a campo no próximo final de semana, pela terceira rodada da Série C. O Botafogo-SP receberá o Mirassol no sábado (12), às 16h, em Ribeirão Preto. Já o Paraná tem novo jogo dentro de casa, desta vez no domingo (13), contra o Figueirense, às 18h.

Ficha Técnica

Campeonato Brasileiro Série C
2ª rodada
Local: Vila Capanema – Curitiba/PR
Horário: 19h
Arbitragem: Diego da Silva Castro, auxiliado por Alisson Lima Damasceno e Mauro Cezar Evangelista de Sousa
Paraná: Bruno Grassi, Pedro Costa, Micael, Hurtado e Bryan; Moisés Gaúcho (Gustavo França), Meneses (Adriano) e Maxi Rodriguez; Juninho (Gabriel Pires), Reis e Gustavinho (Lucas Sene)
Técnico: Maurílio Silva
Cartões amarelos: Moisés Gaúcho (4/1ºT), Gustavinho (3/2ºT), Micael (16/2ºT)
Botafogo-SP: Igor Bohn, Rodrigo, Fabão, Matheus Santos e Pará; John (Victor Bolt), Emerson (Caetano) e Gustavo Xuxa (Rafael Tavares); Bruno Michel (Martineli), Luketa (Marlon) e Neto Pessoa
Técnico: Argel Fuchs
Cartões amarelos: Gustavo Xuxa (22/1ºT), John (6/2ºT)
Gols: Neto Pessoa (25/1ºT)

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.