Esportes

Funcionário é demitido do Flamengo por foto em avião e vê covardia

Gazeta
Gazeta Esportiva
Funcionário é demitido do Flamengo por foto em avião e vê covardia

25 de setembro de 2020 - 20:18 - Atualizado em 25 de setembro de 2020 - 20:45

Após receber diversas críticas sobre a foto dos jogadores do Flamengo sem máscara no avião que trouxe o elenco de volta ao Brasil depois da viagem ao Equador, a diretoria rubro-negra decidiu demitir o autor da imagem, conforme informou o Globoesporte.com.

O fotógrafo Matheus Grangeiro, por sua vez, utilizou as suas redes sociais para se manifestar. Segundo ele, a atitude do clube foi a coisa mais covarde que já lhe aconteceu ao longo dos seus 26 anos de vida.

“Em dez anos de futebol e 26 de vida, nunca fizeram algo tão covarde comigo como o que aconteceu nesta sexta-feira. Apenas agradecer ao Clube de Regatas Flamengo pela oportunidade. Sempre busquei fazer o melhor e saio com a cabeça erguida como sempre”, escreveu o profissional em sue Instagram.

(Foto: Reprodução)

As fotos dos atletas voltando ao Rio de Janeiro, inclusive, são um costume do Flamengo, principalmente após uma vitória, como foi o caso. O Rubro-Negro venceu o Barcelona-EQU por 2 a 1 na última terça-feira, pela quarta rodada da Fase de Grupos da Libertadores.

Contudo, esta última imagem teve uma repercussão negativa ao ser publicada nas redes sociais do clube. Isso porque o Flamengo vive um surto de casos de covid-19. Ao todo, são 33 infectados, incluindo jogadores, membros da comissão técnica, departamento de futebol e dirigentes.