Esportes

Fred brilha, e Fluminense derrota o Santa Fe na Colômbia pela Libertadores

Gazeta
Gazeta Esportiva

28 de abril de 2021 - 22:59 - Atualizado em 28 de abril de 2021 - 23:15

O Fluminense derrotou o Independiente Santa Fe por 2 a 1 na noite desta quarta-feira, no Estádio Centenário, em Armênia, na Colômbia, em choque válido pela segunda rodada do Grupo D da Copa Libertadores. Fred fez os gols do Fluminense, com Giraldo descontando.

Com o resultado o Fluminense chegou aos quatro pontos ganhos, dividindo a liderança da chave com o River Plate. O time argentino derrotou por 2 a 1 o Junior de Barranquilla no Monumental de Núñez. Já os dois times colombianos estão dividindo a lanterna com um ponto.

O jogo – Quando Giraldo recebeu na área e finalizou para uma segura defesa de Marcos Felipe se acreditava que o Santa Fe ia pressionar o Fluminense. Mas três minutos depois o Fluminense deu o troco abrindo o placar e mostrando quem manda. Kayky avançou pela direita e acionou Nenê. O meia deu passe de calcanhar e Fred dominou, sem livrou da marcação e chutou sem chances para Leandro Castellanos.

O Santa Fe até tentou esboçar a reação em alguns lances. Aos 30 minutos Seijas arriscou chute e Marcos Felipe fez grande defesa. Mas toda vez que os colombianos avançam o Fluminense respondia com m ais perigo. Dois minutos depois Kayky recebeu na área e acertou a trave de Castellanos.

Aos 38 minutos o Fluminense assustou em dose dupla. Primeiro Nenê cobrou falta e exigiu grande defesa do goleiro. Na cobrança do escanteio foi a vez de Fred finalizar para o goleiro salvar.

O segundo tempo começou em um ritmo alucinante. Com 34 segundos o Fluminense ampliou. Kayky acionou Egídio na esquerda e ele cruzou para a cabeçada certeira de Fred. O jogador se tornou o segundo maior artilheiro da história do clube, com 185 gols.

Mas dessa vez o Santa Fe respondeu rapidamente. Descontou aos cinco minutos. Após envolvente troca de passes, Palacios lançou Giraldo que, com um belo toque, encobriu Marcos Felipe.

A partir daí o Santa Fe iniciou uma forte pressão. Jorge Ramos quase empatou em cabeçada que raspou a trave aos 12 minutos. A situação do Fluminense se complicou ainda mais aos 24 minutos quando Egídio, qie já tinha cartão amarelo, chegou atrasado em uma dividida e foi expulso.

A pressão aumentou e o Santa Fe só não empatou aos 28 minutos porque Marcos Felipe salvou duas vezes em cabeçada de Ramos e no rebote pêgo por Caballero.

Os minutos finais foram de ainda mais pressão. Aos 41 minutos González tirou tinta da defesa em um chute que parecia ter endereço certo. Em seguida o goleiro se antecipou a uma cabeçada de Valdés. No último lance Marcos Felipe salvou cabeçada de Delgado e garantiu o triunfo.

O Fluminense volta a campo pela Copa Libertadores na quinta-feira da próxima semana, quando visita o Junior na Colômbia às 19h(de Brasília). Na véspera o Santa Fe recebe o River Plate. Antes disso, no domingo, às 16h(de Brasília), o Tricolor encara a Portuguesa pela rodada de ida das semifinais do Campeonato Carioca. O jogo será no Estádio Luso-Brasileiro, no Rio de Janeiro.

FICHA TÉCNICA

INDEPENDIENTE SANTA FE-COL 1 X 2 FLUMINENSE-BRA

Local: Estádio Centenário, em Armênia (Colômbia)

Data: 28 de abril de 2021 (Quarta-feira)

Horário: 21h(de Brasília)

Árbitro: Andres Cunha (Uruguai)

Assistentes: Andres Nievas (Uruguai) e Pablo Llarena (Uruguai)

Renda e público: jogo realizado com portões fechados por conta da pandemia

Cartões amarelos: Giraldo (Santa Fe) Egídio e Bobadilla (Fluminense)

Cartões vermelhos: Egídio (Fluminense)

Gols:

SANTA FE: Giraldo aos 5 minutos do 2º Tempo

FLUMINENSE: Fred aos 4 minutos do 1º Tempo e Fred aos 34 segundos do 2º Tempo

SANTA FE: Leandro Castellanos, Porras, Jeisson Palacios, Fáiner Torijano e Dairon Mosquera (Delgado); Daniel Giraldo, Leonardo Pico, Seijas (Caballero), Kelvin Osorio (González) e Jhon Arias (Valdés); Jorge Ramos

Técnico: Harold Rivera Roa

FLUMINENSE: Marcos Felipe, Calegari, Nino, Luccas Claro e Egídio; Martinelli, Yago e Nenê (Cazares); Luiz Henrique (Caio Paulista), Kayky (Gabriel Teixeira) (Danilo Barcelos) e Fred (Raúl Bobadilla)

Técnico: Roger Machado

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.