Campeonatos

Fortaleza empata fora de casa e Coritiba segue na zona de rebaixamento

Gazeta
Gazeta Esportiva

10 de outubro de 2020 - 21:01 - Atualizado em 10 de outubro de 2020 - 21:15

Neste sábado, Coritiba e Fortaleza se enfrentaram no Couto Pereira e ficaram no empate sem gols. Os comandados de Rogério Ceni controlaram a primeira etapa enquanto o Coxa cresceu no segundo tempo, mas ninguém balançou a rede e o placar ficou em 0 a 0.

O mando de campo era do Coritiba, mas quem parecia estar jogando em casa era o Fortaleza. O Tricolor tomou conta de todas as ações do primeiro tempo e deixou o Coxa encolhido no setor defensivo do campo. Wellington Paulista parou no travessão e o Fortaleza foi para o vestiário sem gols.

No setor ofensivo da equipe curitibana, Robson jogou sozinho. Ricardo Oliveira estreou com a camisa do Coxa, mas passou longe de ser participativo.

O Coritiba entrou com outra postura para a etapa final e Jonathan, que entrou no intervalo, carimbou a trave do Fortaleza. O Coxa se soltou e buscou o resultado, mas o pior ataque da competição não conseguiu tirar o zero do marcador. O Fortaleza segurou e volta para casa com um ponto na bagagem.

O resultado mantém o Coritiba na zona de rebaixamento, com 13 pontos. O Coxa viaja para São Paulo na próxima rodada e enfrenta o Palmeiras, às 18h, na próxima quarta-feira. O Fortaleza segue no meio da tabela, com 21, e volta a jogar no meio de semana pela Copa do Brasil contra o São Paulo, às 19h15, na quarta.

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 0 X 0 FORTALEZA

Local: Couto Pereira, em Curitiba (PR)

Data: 10 de outubro de 2020, sábado

Horário: 19h00 (de Brasília)

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)

Assistentes: Celso Luiz da Silva e Ricardo Junio de Souza (MG)

VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

Cartões amarelos: Nathan Silva (CFC)

CORITIBA: Wilson; Natanael (Jonathan), Nathan Silva, Sabino e William Matheus; Hugo Moura, Matheus Salles e Giovanni Augusto; Gabriel (Nathan), Robson e Ricardo Oliveira (Yan Sasse)

Técnico: Jorginho

FORTALEZA: Felipe Alves; Gabriel Dias, Jackson, Roger Carvalho e Bruno Melo; Juninho (Marlon), Ronald (Mariano Vázques) e Romarinho; Yuri César (Carlinhos), Osvaldo (Fragapane) e Wellington Paulista (Tinga)

Técnico: Rogério Ceni