Campeonatos

Fluminense recorre à base para ter centroavante no domingo

Gazeta
Gazeta Esportiva

9 de julho de 2021 - 18:44 - Atualizado em 9 de julho de 2021 - 18:45

Nas vésperas da primeira partida das oitavas de final da Libertadores, o Fluminense vive uma situação inusitada. Todos os quatro centroavantes do elenco principal estão entregues ao departamento médico.

Quem tem mais condições de enfrentar o Cerro Porteño no Paraguai na próxima terça-feira é Abel Hernández. O uruguaio sofre de uma com inflamação no tendão de aquiles direito e corre contra o tempo fazendo tratamento intensivo.

O garoto John Kennedy se recuperou da da Covid-19 e passou por um período de recondicionamento físico. Sua volta aos treinos com a equipe está prevista para o próximo domingo e existe a possibilidade dele viajar para o Paraguai.

Já o atacante Fred, titular da posição, não seguirá com o grupo. Ele está com um edema na musculatura anterior da coxa direita e ficará no Rio de Janeiro. O jogador de 37 anos se lesionou logo no início da partida contra o Ceará, na última quarta-feira. Aos 17 minutos da primeira etapa, o camisa 9 sentiu dores na coxa após a tentativa de uma arrancada e logo pediu para sair da partida.

O atacante Raúl Bobadilla está em fase de transição após tratamento para uma lesão muscular na panturrilha direita. Sua presença contra o Cerro não está completamente descartada, mas o jogador não treinou com o grupo até esta quinta-feira.

Antes de seguir para o Paraguai, o Fluminense enfrenta o Sport neste sábado em Recife, pela 11ª rodada do Brasileirão. Sem nenhum dos quatro centroavantes disponíveis, o jeito foi recorrer à base para ter um especialista da posição. O garoto João Neto entrou na relação para o confronto e pode ser utilizado.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.