Esportes

Fluminense perde ação de suposta fraude em venda de jogador

Gazeta
Gazeta Esportiva

19 de junho de 2021 - 09:22 - Atualizado em 19 de junho de 2021 - 09:45

O presidente Mário Bittencourt falou com a imprensa sobre seus dois anos de gestão no Fluminense e, entre os assuntos, o mandatário afirmou que vem equacionando as finanças do clube. Só que os tricolores podem sofrer na Justiça. Uma franquia da escolinha do Fluminense entrou com um processo contra o clube pela venda do volante Rafael Resende.

O jogador do sub-20 foi negociado com o futebol árabe. Na época, o Fluminense teria recebido cerca de R$ 1,5 milhão pela negociação, mas não repassou o percentual referente à escolinha, de onde ele saiu.

A suposta fraude se deve ao fato do Fluminense não ter mostrado o comprovante de pagamento da transferência. Com isso, os tricolores acabaram condenados a pagar R$ 120 mil. Agora, o Fluminense corre o risco de sofrer penhora, pois o processo não cabe mais recurso.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.