Esportes

Fluminense paga salários de outubro e novembro e quita débitos da CLT

Agora, apenas o direito de imagem de alguns atletas, referente ao mês de agosto, ainda está atrasado

Gazeta
Gazeta Esportiva
Fluminense paga salários de outubro e novembro e quita débitos da CLT
Jogador ainda acredita na classificação do clube para a Libertadores (Foto: Reprodução/Fluminense)

23 de dezembro de 2020 - 14:50 - Atualizado em 23 de dezembro de 2020 - 16:07

O Fluminense tem sofrido com os problemas financeiros nesta temporada. No entanto, a diretoria tem corrido atrás para não ficar em débito com funcionários e elenco.

Nesta quarta-feira, os dirigentes tricolores conseguiram cumprir uma das metas. Os salários de outubro e novembro foram pagos, deixando os débitos da CLT quitados em 2020.

No entanto, o Fluminense ainda deve para parte do elenco direitos de imagem, que estão atrasados desde agosto. Só que os dirigentes fizeram um novo acordo com os jogadores que recebem este tipo de vencimento para quitá-los até março.

Com o pagamento dos salários, o Fluminense não precisará pagar as porcentagens que foram debitadas dos vencimentos de março, maio e junho. Os três meses não foram pagos de forma integral por conta da quarentena pela covid-19.

Dentro de campo, os tricolores se preparam para o confronto contra o São Paulo, neste sábado, no Maracanã.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.