Campeonatos

Fluminense bate o Ceará e segue em busca do G-4

Gazeta
Gazeta Esportiva

15 de fevereiro de 2021 - 19:03 - Atualizado em 15 de fevereiro de 2021 - 20:15

O Fluminense segue em busca da vaga direta na Fase de Grupos da Libertadores. Nesta segunda-feira, os tricolores vencerem por 3 a 1 o Ceará, no Castelão. Com o resultado, os cariocas chegaram a 60 pontos, na quinta posição. Já os cearenses, com 46 veem a vaga na principal competição continental mais distante.

No primeiro tempo, o Ceará teve mais chances, mas quem marcou foi o Fluminense, com John Kennedy. Na etapa final, os tricolores chegaram ao segundo, com Martinelli. O Ceará diminuiu com Vina, de pênalti, mas viu os cariocas decretarem a vitória com Samuel.

Na próxima rodada, o Fluminense encara o Santos, no domingo, na Vila Belmiro. No dia anterior, o Ceará encara o Coritiba, no Couto Pereira.

O jogo – O confronto começou equilibrado. As duas equipes buscavam o ataque, mas sem deixar espaço ao adversário. O Ceará teve a primeira chance aos dez minutos, quando Bruno Pacheco chutou cruzado e parou em Marcos Felipe.

Aos poucos, os donos da casa passaram a ter o domínio da partida. Tanto que, aos 18 minutos, Sobral chutou de longe e levou perigo. Depois, foi a vez de Vina receber passe na área, mas mandar pela linha de fundo.

Na parte final, o Ceará voltou a assustar em chute de Charles que parou em grande defesa de Marcos Felipe. Só que quem marcou foi o Fluminense, aos 44 minutos. Em avanço rápido, John Kennedy foi lançado, entrou na área e mandou para a rede para deixar os visitantes com a vantagem no intervalo.

No segundo tempo, o Ceará pressionou em busca do empate. Os donos da casa quase marcaram com um minuto. Wescley chegou na área e tentou o toque para Vina. Só que, após bate e rebate, a defesa do Fluminense tirou o perigo.

Novamente, o Fluminense foi cirúrgico na partida e marcou o segundo aos 13 minutos. Egídio chegou na linha de fundo e achou Martinelli na área. O volante chutou forte para a rede.

O novo revés foi sentido pelo Ceará, que diminuiu o ritmo. Os donos da casa só voltaram a chegar com perigo aos 24 minutos, em cabeceio de Wescley sobre o travessão. O lance animou os cearenses, que diminuíram aos 32 minutos. Calegari derrubou Vina na área e o árbitro marcou pênalti. O próprio Vina cobrou com categoria.

Na parte final, o Ceará foi para cima em busca do empate, mas deixava espaços para os contra-ataques. O Fluminense foi mais competente e marcou o terceiro aos 42 minutos. Após cobrança de falta na área, Samuel se jogou para cabecear sem chance para Richard e dar números finais no Castelão.

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 1 X 3 FLUMINENSE

Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)

Data: 15 de fevereiro de 2021, segunda-feira

Hora: 18h (de Brasília)

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)

Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO)

VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Cartões amarelos: Léo Chú (Ceará); Lucca (Fluminense)

GOLS

CEARÁ: Vina, aos 32min do segundo tempo

FLUMINENSE: John Kennedy, aos 44min do primeiro tempo; Martinelli, aos 13min do segundo tempo; Samuel, aos 42min do segundo tempo

CEARÁ: Richard, Eduardo, Tiago (Klaus), Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Fabinho, Charles (Wescley), Sobral e Vina; Léo Chú (Victor Jacaré) e Saulo Mineiro (Felipe Vizeu)

Técnico: André Luís dos Santos (Auxiliar)

FLUMINENSE: Marcos Felipe, Calegari, Frazan, Luccas Claro e Egídio; Martinelli (André), Yago e Nenê (Hudson); Luiz Henrique (Fernando Pacheco), Lucca (Michel Araújo) e John Kennedy (Samuel)

Técnico: Marcão

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.