Esportes

Flamengo confirma acordo com mais duas famílias de vítimas do incêndio no Ninho do Urubu

Gazeta
Gazeta Esportiva

23 de dezembro de 2020 - 17:28 - Atualizado em 23 de dezembro de 2020 - 17:45

O Flamengo confirmou, nesta quarta-feira, que chegou a um acordo de indenização com as famílias de Arthur Vinicius e Pablo Henrique, dois dos dez garotos falecidos no incêndio no Ninho do Urubu no dia 8 de fevereiro de 2019. Em nota oficial, o Rubro-Negro informou que o acerto ocorreu após conversas dos pais das vítimas com o vice-presidente Geral e Jurídico do clube, Rodrigo Dunshee.

Ao todo, foram oito acordos e meio firmados pela equipe carioca com as famílias das vítimas. Além dos pais Arthur Vinicius e Pablo Henrique, o Rubro-Negro também se acertou com os responsáveis de Athila Paixão, Bernardo Piseta, Gedson Santos, Jorge Eduardo, Samuel, Vitor Isaías e o pai de Rykelmo.

Com isso, resta ao Flamengo resolver as pendências com a mãe de Rykelmo e com os familiares de Christian Esmerio. Em entrevista ao Sportv, Rodrigo Dunshee falou sobre o andamento das conversas.

“Tive uma reunião com eles (pais de Christian Esmeiro) e conversamos muito, foram muito compreensivos também conosco, apesar de ter acontecido algo tão lamentável, mas sinto que a conversa foi boa. A mãe dele falou que discordava de algumas coisas que o clube fez, houve alguns mal-entendidos, outras coisas em que ela tinha razão, pedi desculpas, estamos no caminho de uma conciliação. É muito importante a conversa olho no olho, ouvindo as dificuldades. É muito doloroso. A distância é difícil, mas agora estamos mais próximos”, disse.

Em fevereiro de 2019, um incêndio atingiu o alojamento das categorias de base do Ninho do Urubu, Centro de Treinamentos do Flamengo, e causou a morte de 10 garotos, além de ferimentos em outros três. Todas as vítimas tinham entre 14 e 16 anos.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.