Esportes

Fifa aplica suspensão de cinco anos sobre o presidente da Confederação Africana de Futebol

Dirigente foi condenado por atos corruptos cometidos entre 2017 e 2019.

Gazeta
Gazeta Esportiva
Fifa aplica suspensão de cinco anos sobre o presidente da Confederação Africana de Futebol
Dirigente aceitou e ofereceu propinas (Foto: Thierry Gouegnon/Reuters)

23 de novembro de 2020 - 08:36 - Atualizado em 23 de novembro de 2020 - 22:15

A Fifa anunciou nesta segunda-feira que o presidente da Confederação Africana de Futebol (CAF), Ahmad Ahmad, está banido do futebol por um período de cinco anos. Ele foi condenado por atos corruptos cometidos entre 2017 e 2019.

Segundo a nota da Comissão de Ética da Fifa, o malgaxe “violou seu dever de lealdade, ofereceu presentes e outros benefícios, administrou mal fundos e abusou de sua posição”.

Além da punição, que o impede de praticar qualquer cargo administrativo ou desportivo dentro do futebol, Ahmad foi multado no valor de 200 mil francos suíços (cerca de R$ 1,18 milhão).

Ele já foi notificado sobre a decisão, que entre em vigor já nesta segunda-feira.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.