Esportes

Fernando Diniz defende lei contra demissões de técnicos no Brasil

Gazeta
Gazeta Esportiva

11 de julho de 2021 - 11:00 - Atualizado em 11 de julho de 2021 - 11:15

Fernando Diniz, atualmente no Santos, defende uma lei no Brasil para impedir a troca desenfreada de técnicos.

O técnico do Peixe opinou após ser perguntado sobre a saída de Rogério Ceni no Flamengo. Horas depois, o clube carioca anunciou Renato Gaúcho.

“Cenário é lamentável, as trocas, as maneiras como se troca e se contrata… A maioria das demissões sou contra. Maior problema é esse critério de contratação. Clube está atrás de um estilo totalmente diferente, alguém que joga para frente e propõe jogo… Não é certo ou errado, todas as maneiras são válidas no futebol, mas vai mal, e um mês depois contrata o oposto. Para o futebol é muito ruim. Só vai mudar, infelizmente, se for lei, assim como outras coisas na sociedade”, disse Diniz, em entrevista coletiva.

“Seria de bom senso, até inteligência, as equipes mudarem pouco. É ruim para instituição, jogadores, todos. Mas parece que, enquanto não houver uma lei de fato não poder trocar, vão continuar trocando. E quando pararem as trocas, vão ver que haverá uma produção melhor”, completou.

Até o momento, a CBF apenas proibiu a demissão de mais de um técnico ao longo da mesma edição do Campeonato Brasileiro.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.