Esportes

Fellipe Bastos não vê momento para retorno dos treinos

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

24 de maio de 2020 - 00:00 - Atualizado em 24 de maio de 2020 - 00:00

O Vasco vem trabalhando de forma virtual durante a quarentena pela pandemia de coronavírus. No entanto, o presidente Alexandre Campello tem buscado a liberação dos treinos, tanto que assinou o protocolo da Ferj e encontrou o presidente Jair Bolsonaro em Brasília.

Um dos líderes do atual elenco vascaíno, o volante Fellipe Bastos acredita que este não é o momento de retomada dos treinos, nem do futebol. O jogador destacou que o Rio de Janeiro está no pico da curva de mortes pelo coronavírus.

Fellipe Bastos contrariou o presidente do Vasco e se posicionou contra a volta do futebol

“Nós paralisamos o futebol quando o covid estava chegando. Agora que estamos no pico vamos afrouxar as regras. Precisamos ver o quanto isso é benéfico porque não adianta voltar agora e ter que parar de novo. Será frustrante para a gente, para o torcedor. Quando voltar, tem que voltar de vez. Temos que esperar, estamos no pico. É uma doença complicada, temos que respeitar. O jogador não é super-herói e pode sentir os sintomas”, disse em live com o jornalista Amaury Nunes.

Fellipe Bastos também comentou sobre a falta de pagamentos dos salários. O Vasco ainda não pagou nenhum salário em 2020 para aqueles que recebem acima de R$ 50 mil. O jogador ressaltou que o elenco irá conversar sobre o assunto com a diretoria assim que os trabalhos voltarem nos clubes.

“É uma situação muito difícil. A gente sabe o momento complicado do clube, não é de hoje. Ainda mais com a pandemia, que o clube está sem receita. Nós entendemos e não estamos recebendo os salários. Quando voltar, vamos conversar para a gente resolver isso. Tenho certeza de que a diretoria está se esforçando para pagar os salários”, declarou.

O dirigentes cruzmaltinos vão se reunir com o prefeito do Rio, Marcelo Crivella, neste domingo. O objetivo é criar um protocolo para a retomada das atividades nos clubes. O Vasco já se antecipou e testou parte do departamento de futebol na sexta-feira. O restante será testado na segunda-feira.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.