Esportes

Fellipe Bastos dá adeus ao Vasco e deseja sorte na reta final do Brasileiro

Gazeta
Gazeta Esportiva

28 de dezembro de 2020 - 15:26 - Atualizado em 28 de dezembro de 2020 - 16:30

Fellipe Bastos se despediu do Vasco nesta segunda-feira. Com um mensagem carinhosa, o volante exaltou o amor que sente pelo clube e que está na torcida para o Gigante da Colina escapar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. O contrato do jogador termina no dia 31 de dezembro.

“É hora de me despedir de um dos grandes amores que tenho na vida. Obrigado, Vasco, por mais uma vez ter feito com que eu sentisse o prazer que é vestir essa camisa. Foram anos e anos, entre idas e vindas, defendendo essa instituição dentro e fora de campo. E com isso surgiu uma relação indescritível”, escreveu o atleta no Instagram.

“No Vasco conquistei um título nacional (Copa do Brasil) muito importante, em 2011, o último do clube, e esse ano acertei minha permanência abrindo mão de muita coisa, mas com a certeza de estar tomando a decisão correta, pois me sentia em casa”, completou.

O volante também agradeceu ao técnico Ramon Menezes, com quem viveu bons momentos em 2020, no início do Campeonato Brasileiro. Fellipe Bastos agora está na torcida pelos companheiros na luta contra o rebaixamento.

“Agradeço ao Ramon e sua comissão técnica, que no início do campeonato me fizeram relembrar o Fellipe Bastos de outros tempos. Aos funcionários, meu agradecimento pelo companheirismo e respeito durante todos esses anos, amo vocês para sempre. Aos companheiros de elenco, desejo toda a sorte nesta reta final de temporada, sei o quanto é difícil algumas coisas dentro do clube, mas tenho a certeza que vocês vão superar como sempre fizemos, com trabalho e muita dedicação no dia a dia”, disse.

“À torcida, que muito pega no meu pé, mas também me respeita, pois sabe do meu respeito pelo Vasco, o meu obrigado e que em breve possam estar de volta para tornar novamente São Januário um caldeirão. O sentimento nunca vai parar. Obrigado”, encerrou.

O volante perdeu espaço com a chegada do técnico português Ricardo Sá Pinto. Fellipe Bastos ficou fora da lista de relacionados para o jogo contra o Defensa Y Justicia, pela Copa Sul-Americana, e questionou o treinador.

No início deste mês, o volante conversou com Sá Pinto e, depois de uma discordância com a comissão técnica, não participou do treino. Agora, ele se despede do Vasco.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.