Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

15 de maio de 2020 - 00:00

Atualizado em 15 de maio de 2020 - 00:00

Bastidores

Felipe Melo pede paciência e imagina jovens com nível de Seleção

Diferentemente do que fez nas últimas temporadas, o Palmeiras resolveu dar chance aos garotos das categorias de base em 2020. Um dos mais experientes do elenco, o veterano Felipe Melo pediu paciência com seus jovens companheiros e chegou a falar em Seleção Brasileira.

“É muito importante dar a oportunidade aos pratas da casa. É o futuro do clube. O brasileiro precisa ter um pouco mais de paciência. Às vezes, um menino de 17 anos sobe para o profissional, faz um jogo e falam: ‘Caramba, ele é bom!’ Ou, de repente, se no primeiro jogo não vai bem, já pedem a cabeça”, disse, pedindo calma.

“Tudo faz parte de um processo e não podemos pular etapas justamente para chegar ao final e passar pelo amadurecimento. É muito complicado você jogar na base e no profissional. É outro tipo de jogo, outra velocidade, com pensamento muito mais rápido”, comparou.

Nesta temporada, Felipe Melo ganhou a companhia do lateral esquerdo Lucas Esteves, dos volantes Gabriel Menino e Patrick de Paula, do meia Alan e dos atacantes Gabriel Veron e Wesley, além do goleiro Vinícius Silvestre. Todos passaram pelas categorias de base do Palmeiras.

“Temos garotos com potencial realmente muito grande para se tornarem grandes atletas. Inclusive, atletas com nível de Seleção Brasileira”, apostou Felipe Melo, que disputou a a edição de 2010 da Copa do Mundo como titular do técnico Dunga no meio de campo.

“Procuro dizer a eles que, antes de mais nada, sejam obedientes e profissionais. Vejo muitos jogadores que não são tão craques, mas são super profissionais e chegam. E vejo jogadores pouco profissionais ficando pelo caminho. (Ajustando) uma coisa ou outra, eles vão chegar a ser de nível de Seleção Brasileira”, reiterou.