Campeonatos

Federação Inglesa anuncia investigação contra a Superliga e critica protesto da torcida do United

Gazeta
Gazeta Esportiva

3 de maio de 2021 - 15:27 - Atualizado em 3 de maio de 2021 - 15:45

A Federação Inglesa de Futebol divulgou nesta segunda-feira um comunicado em que falou sobre o projeto da Superliga Europeia e o protesto dos torcedores do Manchester United que causou o adiamento do jogo dos Red Devils contra o Liverpool, pelo campeonato nacional. A entidade anunciou que fará uma investigação sobre a formação da Superliga e o envolvimento dos seis clubes ingleses que seriam fundadores da competição.

“Semana passada, nós iniciamos uma investigação oficial sobre a formação da Superliga Europeia e o envolvimento dos seis clubes ingleses. Nós conversamos com os clubes para pedir formalmente todas as informações relevantes e evidências sobre a participação. Assim que tivermos as informações, nós vamos considerar quais serão os próximos passos adequados. Claramente o que aconteceu é inaceitável e poderia ter causado muitos danos para clubes de todos os níveis do futebol inglês”, afirmou a Federação no comunicado.

Sobre os protestos deste domingo, a entidade reconheceu a importância da torcida para impedir a criação da Superliga, mas condenou a forma como ocorreu a manifestação em Old Trafford.

“Os torcedores tiveram um importante papel em impedir que a Superliga Europeia acontecesse, e nós entendemos as frustrações. Porém, não podemos compactuar com a violência e o comportamento criminoso que aconteceu antes da partida entre Manchester United e Liverpool, os quais também vamos investigar”, ressaltou.

A manifestação da torcida do Manchester United era contra o dono do clube, Joel Glazer. A insatisfação com o americano ficou ainda maior após a polêmica da Superliga. Vale lembrar que os Red Devils seriam um dos clubes ingleses fundadores da competição, junto com Manchester City, Chelsea, Liverpool, Arsenal e Tottenham.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.