Esportes

FC Cascavel vence Esportivo por 2×1 e mantém invencibilidade

O próximo adversário do Cascavel será a equipe do Juventus de Santa Catarina

Aline
Aline Cristina / Repórter com informações da assessoria
FC Cascavel vence Esportivo por 2×1 e mantém invencibilidade
(Foto: assessoria)

5 de julho de 2021 - 10:56 - Atualizado em 5 de julho de 2021 - 10:56

A tarde de sábado (03) foi de vitória para o Futebol Clube Cascavel, que jogando no Estádio Olímpico Regional Arnaldo Busatto venceu os gaúchos do Esportivo por 2×1, pela 5ª rodada do Brasileiro da Série D.

Em um jogo que começou bem equilibrado entre as equipes, quem resolveu dominar as ações iniciais foi a equipe de Cascavel, que manteve o padrão de jogo desempenhado nos outros confrontos da competição nacional.

Com um ritmo intenso e boa troca de passes, não demorou muito para que a Serpente Aurinegra inaugurasse o placar, aos 15 minutos do 1º tempo, com o atacante Léo Itaperuna. Na jogada do gol, depois de receber na ponta esquerda, o zagueiro William avançou pela lateral e cruzou para Itaperuna bem posicionado se antecipar a defesa adversária e marcar.

Na vantagem, o mandante não se acomodou e continuou a trabalhar bem a bola da defesa ao ataque e pouco sofreu com o setor ofensivo do time gaúcho. Aos 21 minutos da etapa inicial, outra boa chance. Depois do contra-ataque, o meio-campo Robinho lançou para o centroavante Carlos Henrique, que driblou o zagueiro e bateu no canto esquerdo levando muito perigo ao arqueiro do Esportivo. Fim do primeiro tempo: 1×0.

Logo no início da etapa final, depois de um bate e rebate na lateral, Batista, o camisa 9 do Esportivo, recebeu um bom cruzamento e empatou o confronto. Assim como no início do duelo, o time da cidade de Bento Gonçalves marcou forte o meio-campo cascavelense, porém abriu espaço nos corredores laterais.

Foi por ali que Carlos Henrique, aos 6, depois de cruzamento de Wilian Simões, teve uma grande chance de virar o placar. Depois, insistindo pelos lados do campo, novamente ele, o lateral-esquerdo Wilian Simões, aos 26 minutos fez grande jogada individual, invadiu a área, foi até a linha de fundo e cruzou na cabeça de Léo Itaperuna: 2×1 Cascavel.

O time cascavelense teve outras duas ótimas chances. Uma com o meia Gama, aos 26, chutando de fora da área e outra com o zagueiro Afonso, de cabeça, aos 44, depois de cobrança de escanteio.

Fim de jogo: 2×1 para a Serpente Aurinegra, que agora soma 11 pontos e segue na liderança do grupo A8 da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série D.

Na ausência do técnico Tcheco, que conclui o curso da licença A da CBF, quem comandou o time do Cascavel foi o auxiliar José Luiz Fonseca. Ele falou sobre a partida e a importância de mais uma vitória.

“Por mais que a gente não tenha feito, principalmente no 2º tempo, um jogo perfeito, o resultado em si, os três pontos que eram o nosso objetivo, temos que comemorar muito porque foi uma partida difícil. Nós tínhamos algumas ações que combinamos de não fazer e fizemos logo no início da etapa final, e isso acabou prejudicando um pouco nossa estratégia. Mas com muita entrega e pela qualidade do nosso time, conseguimos fazer o segundo gol. Resultado merecidíssimo nessa caminhada em busca da classificação”.

Auxiliar técnico – José Luiz Fonseca

A partida também marcou a estreia do centroavante Eduardão, que entrou faltando pouco mais de 15 minutos para o fim do jogo, e soube sustentar bem o ataque do Cascavel diante do Esportivo.

Além do bom resultado, outro fator importante são os 13 jogos de invencibilidade conquistados, sendo 5 na competição nacional dos quais os últimos três foram de vitórias sobre os times do Rio Grande do Sul: Caxias, Aimoré e agora Esportivo.

Quem também comemorou e muito não só a vitória, mas principalmente os gols, foi Léo Itaperuna. O atacante chegou aos 10 tentos marcados na temporada e está a 1 de se tornar o maior artilheiro da história da Serpente Aurinegra.

“Estou vivendo um bom momento aqui no clube, fruto de muito trabalho e da ajuda dos meus companheiros e da comissão técnica, que encontrou uma maneira do time jogar e estamos fazendo bons jogos. Quando cheguei disse que queria fazer 10 gols, hoje estou muito contente de alcançar essa marca. Mas não vou parar por aqui, tenho muitas ambições e objetivos”.

atacante – Léo Itaperuna

O próximo adversário do Cascavel será a equipe do Juventus de Santa Catarina. A partida está marcada para o próximo sábado (10), às 16h, no Estádio Olímpico Regional Arnaldo Busatto.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.