Esportes

Ginasta do Colégio Estadual do Paraná ganha medalha de ouro no Pan-Americano

Ana Luiza Pires Lima, de 15 anos, natural de Telêmaco Borba, estuda no 1°L do Ensino Regular Médio

Caroline
Caroline Maltaca / Estagiária com informações do CEP
Ginasta do Colégio Estadual do Paraná ganha medalha de ouro no Pan-Americano
Ginasta do Colégio Estadual do Paraná ganha medalha de ouro no Pan-Americano (Foto: Ricardo Bufolin/CBG)

10 de junho de 2021 - 17:22 - Atualizado em 10 de junho de 2021 - 18:10

Ana Luiza Pires Lima, esse é o nome da ginasta paranaense de 15 anos, estudante do Colégio Estadual do Paraná (CEP), que garantiu ao Brasil medalha de ouro na final do solo do Pan-Americano de Ginástica, realizado no Rio de Janeiro neste último domingo (6).

A conquista foi alcançada quando a jovem ginasta atingiu 12.967 pontos na final por sua performance de execução impecável.

“Quero agradecer a toda torcida e patrocinadores, em especial ao meu treinador que criou a linda coreografia para mim”,

disse a atleta.

Ela que é natural de Telêmaco Borba, foi aprovada em 2018 para treinar no Centro de Excelência de Ginástica do Paraná (Cegin), abrindo as portas para representar o estado na Seleção Brasileira de Ginástica Artística.

Ana Luiza é uma grande promessa para as Olímpiadas de 2021, com jogos previstos em Tóquio, no Japão.  

“Tudo vai depender dos resultados obtidos por atletas que ainda estão disputando vagas em outros torneios realizados no mundo. Mas, temos grandes chances de participação com a nossa estudante e atleta Ana Luiza”,

 afirmou a Professora Andreia Arten, treinadora da equipe de Ginástica Rítmica do CEP.

Na mesma categoria, o Brasil também garantiu bronze através da brasileira Christal Bezerra, que dividiu o pódio com a parananense.

16 medalhas

As disputas no Pan-Americano terminaram com a Seleção Brasileira de Ginástica no primeiro lugar geral, contabilizando 16 medalhas. A equipe conquistou nove ouros, duas pratas, cinco bronzes.

A competição aconteceu na Arena Carioca 1, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. O Brasil já tem 246 atletas classificados em 34 modalidades para os Jogos Olímpicos de Tóquio, com início previsto para 23 de julho.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.