Esportes

Esporte: Conheça a família “Gente Fina”, uma história de luta e superação

Uma carreira no futebol interrompida pelo vício, uma vida recuperada que aproveitou a segunda chance para recuperar outras centenas de vidas em Cascavel e pelo Brasil

Aline
Aline Cristina / Repórter
Esporte: Conheça a família “Gente Fina”, uma história de luta e superação
(Foto: arquivo pessoal)

5 de agosto de 2021 - 11:41 - Atualizado em 5 de agosto de 2021 - 11:45

Uma carreira no futebol interrompida pelo vício, uma vida recuperada que aproveitou a segunda chance para recuperar outras centenas de vidas em Cascavel e pelo Brasil.

Foram quase 30 anos ajudando crianças, jovens e até pais de família a se livrarem do vício das drogas. O “Gente Fina”, como Rodrigão era chamado, ajudou tanta gente que recebeu até homenagens. Um CAPS aqui em Cascavel vai carregar o seu nome. A outra homenagem é aqui, no Lago Municipal, onde a marca do “Gente Fina” está registrada. 

Durante esta transformação, o esporte ressurgiu na vida do “Gente Fina”. Quantos de nós já levamos nossos filhos pela primeira vez em um jogo de futebol? aquele começo meio tímido no meio da torcida, a primeira comemoração de gol e a descoberta do amor pelas cores do que viria ser o time do coração, ou seria dos corações? 

Não é um simples jogo, é também uma oportunidade de união entre pais, filhos e até da nora, que nem gostava muito de futebol.

O amor pelo Futebol Clube Cascavel passou de geração em geração. Rodriguinho, neto do “Gente Fina”, celebra o aniversário com as cores da Serpente. Às vezes os jogadores nem sabem, mas a cumplicidade entre pai e filho, permitiu nascer mais um apaixonado pelo futebol.

A família “Gente Fina” realmente é apaixonada pelo cascavel. são coleções de bonecos, chinelos e camisas. O carinho pela serpente Aurinegra é tão grande, que nem mesmo no dia do casamento o amor pelo clube ficará de fora! 

Esse será o primeiro dia dos pais do Lucas, do Rodrigo e da Carla sem o “Gente “Fina”. Ele faleceu no ano passado, em decorrência de complicações da Covid-19

Mesmo ajudando tanta gente, uma das maiores recuperações do “Gente Fina” foi da sua própria família! Hoje, em meio a tantas coleções de sentimentos pelo pai, um em especial tem marca registrada.

“ A camisa que eu tenho lembrança no estádio está guardada aqui. Essa Camisa do FC Cascavel, tem um valor sentimental, muito grande”