Bastidores

Entenda por que “proposta boa” do Santos ainda não foi suficiente para renovar com Yuri Alberto

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

27 de maio de 2020 - 00:00 - Atualizado em 27 de maio de 2020 - 00:00

O Santos registrou na CBF e FPF a proposta de renovação para Yuri Alberto. E as condições foram consideradas “boas” pelo estafe do atacante.

O Peixe ofereceu R$ 120 mil de salário, com acréscimo de R$ 30 mil depois de 25 partidas no elenco profissional, e luvas de R$ 1,5 milhão em três parcelas. O acordo seria de três anos, com 90% dos direitos econômicos para o Alvinegro e multa de 100 milhões de euros (R$ 586 mi) para o exterior e R$ 240 no mercado interno.

Empresários e familiares, porém, não têm pressa para definir o futuro do Menino da Vila, mesmo com contrato apenas até 31 de julho. A oferta de R$ 120 mil mensais é avaliada como justa no Brasil, mas vale lembrar da alta do euro, equivalente a quase seis reais atualmente. Na Europa, os vencimentos seriam maiores.

O Santos entende que chegou ao seu limite e só perderá Yuri em caso de boa oportunidade no Velho Continente. Pessoas envolvidas na negociação acreditam em um desfecho dias antes do término do vínculo.

Yuri Alberto é monitorado por alguns clubes da Europa há anos e há possibilidade real de migrar para o exterior. Ele, familiares e empresários não descartam a renovação, mas o próprio centroavante admite a complexidade.

“Não é algo tão simples. Há uma série de questões que irão pesar e a mais importante é me sentir valorizado dentro do clube”, disse Yuri Alberto, à Gazeta Esportiva, em abril.

Artilheiro nas categorias de base, Yuri tem 19 anos e ganhou espaço sob o comando de Jesualdo Ferreira nesta temporada. Ele fez um gol em cinco jogos desde o retorno do Pré-Olímpico com a seleção brasileira e antes da paralisação em meio ao novo coronavírus.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.