Esportes

Emocionado, Patrick lamenta vice-campeonato do Inter: “Só dependia da gente”

Gazeta
Gazeta Esportiva

26 de fevereiro de 2021 - 00:15 - Atualizado em 26 de fevereiro de 2021 - 00:30

A edição de 2020 do Campeonato Brasileiro terminou de forma dramática nesta quinta-feira. Com a derrota do Flamengo por 2 a 1 para o São Paulo, o Internacional só precisava de uma vitória sobre o Corinthians, no Beira-Rio, para conquistar a competição pela primeira vez desde 1979. O Colorado, no entanto, não conseguiu sair do 0 a 0 com o Timão, e a taça ficou com o Rubro-Negro carioca.

Um dos principais destaques do Inter no Brasileirão, o meia Patrick se emocionou após o empate e lamentou o resultado. O camisa 88 destacou o espírito da equipe comandada por Abel Braga, mas afirmou que é inevitável sentir dor pela segunda colocação.

“Faltou um gol. A gente estava esperando por esse momento por 41 anos. Independente de quem já está aqui há muito tempo ou chegou por último, acho que a gente entra nesse espírito, todo mundo se torna uma camisa só. A gente estava tão perto. Dentro de 41 anos, a gente podia ter conquistado essa vitória, que era nosso dever se casa, que a gente vinha fazendo bem. Tirando o jogo contra o Sport, a gente vinha numa crescente muito boa, sequência de vitórias. Só dependia da gente. Lutamos, tentamos de todas as formas, tivemos gols anulados intervenções do VAR”, disse Patrick ao Premier.

“É levantar a cabeça, acho que é impossível não sentir essa dor. Sabemos que o torcedor está lutando, o clube, e a gente. Nós últimos anos lutamos lá em cima, disputando finais, e mais uma vez não conseguimos nosso objetivo. A gente tem que sentir a dor, é inevitável, e lamber a ferida. Acredito que o Internacional, dentro das suas condições financeiras, está no caminho certo, construindo equipes competitivas para brigar por coisa grande. E que 2021 seja melhor que esse ano de 2020”, completou.

O Internacional terminou o Campeonato Brasileiro com 70 pontos e com a melhor defesa, com apenas 35 gols sofridos. Já o Flamengo teve o melhor ataque, com 68 tentos, e se sagrou campeão com 71 pontos.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.