Esportes

Em queda livre e sob pressão, Ceará busca vitória em casa para afastar a má fase

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

25 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 25 de setembro de 2019 - 00:00

O Ceará viveu momentos de empolgação no Brasileirão entre o final de julho e o início de agosto, mas o rendimento caiu bastante e agora acumula seis jogos sem vitória, com a zona de rebaixamento se aproximando novamente. Em busca de reação, a equipe comandada por Enderson Moreira recebe o Cruzeiro na Arena Castelão, a partir das 19h30 desta quarta-feira, em jogo válido pela 21.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Além disso, o time não marca gol em casa desde o dia 10 de agosto, quando bateu a Chapecoense por 4 a 1. O time tem criado muitas situações para marcar, mas tem errado nas finalizações. Para Enderson Moreira, “isso é reflexo da pressão natural que estamos sofrendo”. “Se o torcedor está chateado, nós em campo ainda estamos muito mais tristes. Temos que sair desta situação unidos, com o apoio de nossa torcida”, projetou.

Ao mesmo tempo, ele lembrou que o Cruzeiro é um time muito forte, embora venha sofrendo mudanças agora sob o comando de Rogério Ceni, ex-comandante do Fortaleza, o eterno rival do Ceará. “Eu assisti os últimos três jogos do Cruzeiro e a gente percebe já algumas mudanças feitas pelo Ceni, que é um grande treinador. O time deles é forte coletivamente e individualmente possui grandes jogadores. Mesmo assim, estão sob pressão, talvez maior do que a nossa”, comparou Moreira.

Após a derrota por 1 a 0 para o CSA em Maceió, Enderson fará algumas mudanças no time. Uma delas será a volta do goleiro Diogo Silva, poupado contra o time alagoano por estar pendurado com dois cartões. A cautela foi motivada pela situação do reserva Lucas França, que pertence ao Cruzeiro e não pode enfrentar o time mineiro por questões contratuais. França foi titular contra o CSA para evitar a possibilidade de dois desfalques da posição para esta quarta-feira.

Também retornam ao time o lateral-direito Samuel Xavier, à disposição após cumprir suspensão, e o meio-campista Ricardinho, preservado na rodada passada. Cristovam e William Oliveira vão para o banco.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.