Esportes

Em Lima, Brasil enfrenta o Peru pelas Eliminatórias Sul-Americanas

Gazeta
Gazeta Esportiva

12 de outubro de 2020 - 20:00 - Atualizado em 12 de outubro de 2020 - 20:15

A Seleção Brasileira terá, nesta terça-feira, mais em desafio em sua trajetória rumo à Copa do Mundo de 2022. Depois de golear a Bolívia na sexta-feira, a equipe do técnico Tite vai enfrentar o Peru, no Estádio Nacional de Lima, pela 2ª rodada das Eliminatórias Sul-Americanas.

O Peru é um dos poucos adversários que conseguiram triunfar diante do Brasil desde que Tite assumiu o comando técnico. Em setembro de 2019, justamente no último embate entre as duas seleções, os peruanos venceram por um 1 a 0 o amistoso disputado em em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Além do Peru, apenas a Bélgica (na Copa do Mundo de 2018) e a Argentina (em dois amistosos) venceram a Seleção Brasileira sob o comando do treinador. Contra o Peru, Tite vai completar 50 jogos como técnico da equipe nacional.

A escalação do Brasil para o duelo é uma incógnita. Além de não ter sido possível vislumbrar um time titular nos treinos transmitidos pela CBF, Tite também preferiu não divulgar os jogadores que vão iniciar a partida. Em entrevista coletiva, no entanto, o técnico afirmou que a base da equipe que venceu a Bolívia será mantida.

Contra a Bolívia, a Seleção entrou em campo com Weverton, Danilo, Marquinhos, Thiago Silva, Renan Lodi, Casemiro, Douglas Luiz, Everton, Philippe Coutinho, Neymar e Roberto Firmino. Todos os jogadores convocados por Tite estão em condições de jogo e serão relacionados.

Enquanto o Brasil vem de uma goleada por 5 a 0 contra a Bolívia, o Peru empatou em 2 a 2 com o Paraguai na estreia das Eliminatórias. A equipe de Ricardo Gareca pode ter como desfalque o meia Christian Cueva, que passou por São Paulo e Santos. O jogador sofreu um problema muscular na coxa direita na partida de sexta-feira.

FICHA TÉCNICA

PERU X BRASIL

Local: Estádio Nacional de Lima, no Peru

Data: 13 de outubro de 2020, terça-feira

Horário: 21h (de Brasília)

Árbitro: Julio Bascuñán (CHI)

Assistentes: José Retamal (CHI) e Raul Orellana (CHI)

VAR: Piero Maza (CHI)

PERU: Gallese; Advíncula, Zambrano, Abram e Trauco; Tapia, Aquino, Yotún, Carrillo e Farfán; Ruidíaz.

Técnico: Ricardo Gareca

BRASIL: Weverton (Ederson); Danilo (Gabriel Menino), Marquinhos, Thiago Silva e Renan Lodi; Casemiro e Douglas Luiz (Bruno Guimarães); Everton, Philippe Coutinho e Neymar; Roberto Firmino (Richarlison).

Técnico: Tite