Esportes

Em jogo com expulsão e dois pênaltis, Athletico-PR vence Juventude pela Série A

Gazeta
Gazeta Esportiva

18 de setembro de 2021 - 20:39 - Atualizado em 18 de setembro de 2021 - 21:30

Athletico-PR e Juventude fizeram boa partida na noite deste sábado. Em confronto válido pela 21ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, as equipes se enfrentaram na Arena da Baixada e deram trabalho para a arbitragem. Dois pênaltis marcados e uma expulsão. O placar final foi de 2 a 1 para o time da casa.

Com o resultado, o Athletico, que não vencia há sete rodadas, tem agora 27 pontos somados em 20 partidas e briga para se aproximar do G6 da competição. Enquanto isso, a briga do Juventude é para se afastar da zona de rebaixamento. No momento, o time gaúcho tem 23 pontos e uma partida a mais que seu rival da noite.

O próximo compromisso do Furacão é pela ida das semifinais da Copa Sul-Americana. Nesta quinta-feira, o Athletico enfrenta o Peñarol, no Paraguai, às 21h30 (de Brasília). Já o Juventude joga pelo Brasileirão. No dia 26 deste mês, a equipe recebe o Santos no Rio Grande do Sul.

O jogo – A partida começou equilibrada, com ambas as equipes tendo suas chances. O Juventude levou perigo com Paulinho Bóia e o Athletico com Terans. Ambas as oportunidades pararam nas boas defesas dos goleiros.

O equilíbrio continuou até os 21 minutos, quando Rafael Forster chegou muito forte, com as travas da chuteira, na panturrilha de Nikão. Após rápida revisão no VAR, o árbitro Léo Simão Holanda mostrou o vermelho direto para o jogador do Juventude, que passou a jogar com um a menos.

Com vantagem numérica em campo, mesmo criando muito e sufocando seu adversário, o Athletico ou parava nas boas defesas do goleiro Douglas, que tomou a vaga de  Marcelo Carné para a partida, ou na ineficiência de suas finalizações.

Com isso, a velha máxima do futebol fez presença. Quem não faz, leva. Aos 8 minutos da segunda etapa, Guilherme Castilho foi derrubado por Marcinho na grande área e o juiz anotou o pênalti. Na cobrança, Ricardo Bueno mandou no meio e colocou o Juventude na frente.

Porém, a vantagem pouco durou. Aos 16, o árbitro foi ao VAR para checar toque de mão de Paulinho Bóia dentro da área. Após rápida revisão, a marca da cal foi apontada novamente. Bissoli, assim como Ricardo Bueno, mandou no meio e converteu.

Pouco depois, o Athletico enfim chegou ao gol da vitória. Aos 25, Renato Kayzer, que tinha acabado de entrar, aproveitou cruzamento de Abner pela esquerda e testou firme para o gol. Douglas saiu mal e não achou nada.

FICHA TÉCNICA

ATHLETICO-PR 2 X 1 JUVENTUDE

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Data: 18 de setembro de 2021, sábado

Horário: 18h45 (de Brasília)

Árbitro: Leo Simão Holanda (CE)

Assistentes: Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Cleberson do Nascimento Leite (CE)

VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

Cartões amarelos: Nicolas, Erick, Zé Ivaldo, Bissoli e Nikão (Athletico-PR); Douglas Friedrich

Cartões vermelhos: Rafael Forster (Juventude)

Gols: Athletico-PR: Bissoli (17′ do 2T) e Renato Kayzer (26′ 2T); Juventude: Ricardo Bueno (10′ 2T)

ATHLETICO-PR: Santos; Marcinho (Khellven), Zé Ivaldo, Lucas Fasson, Nicolas (Pedro Rocha) e Abner; Erick (Richard) e Christian (Renato Kayzer); Nikão, Terans (Léo Cittadini) e Bissoli.

Técnico: Paulo Autuori

JUVENTUDE: Douglas; Michel (Fernando Pacheco), Quintero, Vitor Mendes e Rafael Forster; Dawan, Jadson e Guilherme Castilho (Wescley); Capixaba (Alyson), Ricardo Bueno e Paulinho Bóia (Paulo Henrique).

Técnico: Marquinhos Santos