Esportes

Eduardo Coudet revela parentesco com palmeirense Filpo Núñez

Gazeta
Gazeta Esportiva

26 de outubro de 2020 - 23:25 - Atualizado em 26 de outubro de 2020 - 23:45

Técnico que lidera o Campeonato Brasileiro no comando do Internacional, Eduardo Coudet revelou ter parentesco com um dos grandes ídolos da história do Palmeiras.

Em entrevista ao programa Bem Amigos!, do SporTV, o treinador argentino disse ser sobrinho de Filpo Núñez, técnico que comandou a primeira Academia de Futebol, e o único estrangeiro que dirigiu a Seleção Brasileira

“Tenho uma história familiar aqui no Brasil. Meu tio foi um treinador no Brasil que começou com a Academia do Palmeiras, e foi o único argentino que dirigiu a Seleção Brasileira”, revelou Coudet, antes de confirmar que tratava-se, de fato, de Filpo Núñez.

O treinador ainda revelou como era tratado pelo tio na época de jogador e que, talvez pelo passado de Filpo, esteja trabalhando em terras brasileiras atualmente.

“Ele me cobrava porque eu dava muito problema como jogador. Tenho uma história com o futebol brasileiro, e creio que o destino existe. Por isso estou aqui agora”, contou.

Filpo Núñez chegou ao Palmeiras em 1964 depois de passagem de destaque pela Portuguesa Santista. Foi o responsável por comandar a Primeira Academia, de Ademir da Guia, Dudu, Julinho Botelho e Djalma Santos, conquistando o título do Rio-São Paulo em 1965. O argentino ainda colecionou outras  duas passagens pelo clube, entre 1968 e 1969 e entre 1978 e 1979.

Quando comandava a Academia, Filpo ainda se tornaria o único estrangeiro a comandar a Seleção Brasileira, feito que permanece até hoje. O Brasil foi inteiramente representado pelo Palmeiras e venceu por 3 a 0 um amistoso contra o Uruguai, na inauguração do Mineirão.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.