Bastidores

Duílio Monteiro Alves é eleito novo presidente do Corinthians

Gazeta
Gazeta Esportiva

28 de novembro de 2020 - 22:23 - Atualizado em 29 de novembro de 2020 - 00:00

Duílio Monteiro Alves será o 31º presidente da história de 110 anos do Corinthians.

Na noite deste sábado, o candidato lançado pela situação foi eleito pelos sócios do clube ao superar Mário Gobbi Filho e Augusto Melo.

O mandato de Duílio terá vigência de janeiro de 2021 até o fim de 2013.

Para ter o direito de suceder Andrés Sanchez, Duílio recebeu 1.079 votos. Augusto Melo teve apoio de 934 associados e Mário Gobbi contou com 782 votos. A contagem ainda registrou 56 votos em branco, 14 nulos e oito que estão sub judice. Portanto, o pleito contou com 2.873 votos.

Desta maneira, o grupo Renovação e Transparência chegará a pouco mais de 16 anos no poder.

Resumo do dia

O pleito deste sábado começou, oficialmente, às 9h, quando já era possível perceber as filas no Parque São Jorge.

Os candidatos chegaram cedo, por volta das 8h30, e se posicionaram próximo das urnas. Foram muitos cumprimentos, diversas fotos, conversas rápidas e uma busca incansável principalmente pela conquista dos sócios que ainda se diziam indecisos.

Até às 17 horas, a votação aconteceu de maneira tranquila no Ginásio Wlamir Marques, escolhido para sediar a eleição especialmente neste ano por ser o maior do clube e, assim, proporcionar mais segurança referente a prevenção ao coronavírus.

Após este período, puderam permanecer no local da votação apenas líderes das chapas e assessores, além dos jornalistas. Com o ginásio esvaziado e tranquilo, e com a fiscalização pessoal dos líderes das chapas, houve o início da contagem das cédulas de papel, que perdurou até próximo da meia-noite, quando Romeu Tuma Júnior, presidente da comissão eleitoral, anunciou o resultado final.

Apesar da definição deste sábado nas urnas, o mandato atual de Andrés Sanchez expira só em 3 de janeiro. Ele está licenciado da presidência e seu primeiro vice, Alexandre Husni, é o presidente em exercício neste momento. Na próxima semana, Edna Murad, se segunda vice de Andrés, teve assumir para o período restante.

Histórico de Duílio

Duílio tem 45 anos e é neto de Orlando Monteiro Alves, ex-vice presidente e diretor de futebol do Corinthians em época que ficou marcada pelo título paulista de 1977, e filho de Adílson Monteiro Alves, ex-vice de futebol e direitor de futebol durante o preíodo lembrado pelo movimento “Democracia Corinthiana”.

Duílio foi escolhido por Andrés Sanchez, em 2010, para ingressar no departamento de futebol e trabalhar ao lado de Roberto de Andrade, em substituição a Mário Gobbi, depois de liderar o departamento cultural durante o centenário corintiano.

Ele também foi diretor-adjunto de futebol no mandato de Mário Gobbi, entre 2012 e 2015. Voltou em 2018, assim que Andrés Sanchez foi eleito para sua segunda passagem pela presidência, como diretor de futebol.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.