Esportes

Dirigente do Flamengo xinga argentino Lucas Pratto em entrevista

Gazeta
Gazeta Esportiva

25 de junho de 2020 - 15:48 - Atualizado em 25 de junho de 2020 - 15:48

A conquista da Libertadores acabou com o jejum de títulos do Flamengo no cenário internacional. Mesmo meses após a final contra o River Plate-ARG, o vice-presidente de relações externas do Flamengo, Luiz Eduardo Baptista, o Bap ainda guarda mágoa do atacante Lucas Pratto.

O São Paulo recebeu as duas parcelas atrasadas do River Plate pela compra do atacante Lucas Pratto

“Me lembro da declaração do Pratto: ‘Eles não têm pegada, são gentis, eu caí e o Diego me levantou. Não têm pegada de Libertadores’. Eu pensei: ‘vou contratar um cara para dar um tiro nesse filho da p…, mas talvez eu acabe na cadeia’. Talvez eu trabalhe duro e mude a vergonha na cara de quem está no Flamengo, contratar cara que fica p… de perder par ou ímpar. Hoje tem alinhamento entre diretoria e elenco. Aí dá certo e a gente dá sorte”, disse no canal Paparazzo Rubro-Negro.

Bap saiu em defesa da atitude do meia Diego. O dirigente seguiu sem se conter e xingou o argentino.

“O Diego foi ser gentil, ele disse que o Diego era bundão, que não podia ganhar a Libertadores. Vai tomar no c…, Lucas Pratto, desculpa o meu francês”, declarou.

Na ocasião, o Flamengo virou a final contra o River Plate com dois gols de Gabigol nos minutos finais. Lucas Pratto, que entrou em campo pela equipe argentina no segundo tempo, foi considerado um dos vilões da derrota.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.