Esportes

Dirigente do Flamengo revela meta para venda de jogadores

Gazeta
Gazeta Esportiva

30 de março de 2021 - 13:04 - Atualizado em 30 de março de 2021 - 13:15

O Flamengo tem sofrido na parte financeira com a pandemia de covid-19. Por conta disso, os rubro-negros adiantaram que vão precisar vender jogadores para equilibrar seus números.

O vice-presidente financeiro, Rodrigo Tostes, adiantou quanto o Flamengo precisa arrecadar com venda de jogadores até o meio do ano.

“A gente tem uma entrega de venda de jogadores aproximadamente de R$ 91 milhões nessa janela de julho. O clube tem trabalhando arduamente e estamos bem confiantes de que vamos conseguir cumprir essas vendas. Só para lembrar que exercemos a compra do Pedro, o que mostra a capacidade de investimento do clube. Com exceção da bilheteria, não tivemos nenhuma linha pior do que imaginávamos. Nós achamos que as vendas do ano de 2021 vão ocorrer”, disse ao site Globoesporte.com.

O Flamengo estipulou uma perda de até R$ 200 milhões com a pandemia, sendo R$ 110 milhões com a bilheteria. Em termos de vendas, os rubro-negros já arrecadaram cerca de R$ 50 milhões com as vendas de Yuri César e Lincoln.

Os flamenguistas negociaram o jovem Natan com o Bragantino. O zagueiro chegou por empréstimo ao clube paulista, com obrigatoriedade de compra em caso do cumprimento de metas no fim de 2021. O valor da transação pode chegar a R$ 27 milhões.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.