Esportes

Diniz vê o São Paulo superior ao Inter durante os 90 minutos e exalta retorno de Dani Alves

Gazeta
Gazeta Esportiva

26 de setembro de 2020 - 22:29 - Atualizado em 26 de setembro de 2020 - 23:00

Neste sábado, o São Paulo empatou por 1 a 1 com o Internacional, no Beira-Rio. Apesar do ponto conquistado fora de casa, o Tricolor saiu de campo com um gosto amargo, já que atuou por quase 40 minutos com um jogador a mais, após Zé Gabriel ser expulso. Para Fernando Diniz, o time dominou a partida mesmo antes de contar com a vantagem numérica no confronto com o Colorado.

“Hoje o time jogou muito bem, não só depois que ficou com um jogador a mais, que nessa hora só teve um time que jogo, mas mesmo que no 11 contra 11 tínhamos o domínio quase que total da partida. Criamos mais chances e merecíamos vencer”, disse o treinador.

Diniz acredita que faltou oportunismo ao São Paulo, já que, na visão do técnico, a equipe encurralou o Internacional e soube aproveitar o fato de Zé Gabriel ter sido expulso.

“Com um jogador a mais, o São Paulo só não foi efetivo. A gente empurrou o Inter ainda mais para trás. Para você fazer o gol, não necessariamente fica mais fácil criar as chances com um jogador a mais, porque a partir desse momento o Inter abdicou de qualquer iniciativa de atacar. Ficou com os nove jogadores de linha e o goleiro jogando em 15 metros e, mesmo assim, a equipe conseguiu criar três chances claras de gol”, analisou o treinador.

Por fim, Diniz exaltou o retorno de Daniel Alves, que desfalcou a equipe por um mês por conta de uma fratura no antebraço. O comandante do Tricolor teceu elogios ao comportamento extracampo do atleta.

“Ele vai estar (contra o River) melhor do que hoje. O Daniel é um jogador muito especial, já falei isso diversas vezes. Existe uma coisa nele que só quem está dentro sabe. Ele tem a capacidade de melhorar muito o entorno dele, os jogadores e todos os aspectos do clube. Um cara extremamente dedicado, talentoso, experiente, mas essa característica de melhorar o ambiente e as pessoas ao redor talvez seja a que eu mais valorize. Ele também gosta muito de fazer isso. Fazer as pessoas melhorarem é um dos prazeres que ele tem”, finalizou Diniz.

Com o empate neste sábado, o São Paulo chegou aos 19 pontos, na terceira colocação do Campeonato Brasileiro. Na quarta-feira que vem, o Tricolor voltará a atuar pela Libertadores, contra o River Plate, em Buenos Aires, às 21h30. Em situação delicada na competição, os comandados de Diniz precisam vencer a qualquer custo.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.