Esportes

Diniz se diz satisfeito com desempenho do São Paulo: “Está tudo em aberto”

Gazeta
Gazeta Esportiva

23 de dezembro de 2020 - 23:51 - Atualizado em 24 de dezembro de 2020 - 16:30

O técnico Fernando Diniz se disse satisfeito com o desempenho do São Paulo nesta quarta-feira, apesar da derrota para o Grêmio no jogo de ida da semifinal da Copa do Brasil, em Porto Alegre. Passada a partida, o comandante do Tricolor paulista não se abalou com o resultado, esbanjando tranquilidade em relação ao futuro de sua equipe na competição.

“A vitória é amarga porque produzimos para vencer o jogo. Se alguém jogou abaixo individualmente, o coletivo conseguiu suprir. De maneira geral, fiquei contente com o desenvolvimento do time. Precisamos reverter o placar no Morumbi para conseguirmos passar para a final. Tem tudo para ser um grande jogo lá, como foi um grande jogo aqui. São duas grandes equipes, está tudo em aberto. O primeiro tempo foi aqui, o segundo tempo vai ser lá em São Paulo”, afirmou Fernando Diniz.

Nesta quarta-feira, o São Paulo esteve mais próximo da vitória que o Grêmio. Após um primeiro tempo bastante equilibrado, o time comandado por Diniz voltou para a etapa complementar mais ligado e nos primeiros minutos criou duas grandes chances para abrir o placar após excelentes jogadas com trocas de passes rápidas, mas Brenner e Luciano não conseguiram colocar a bola para dentro. Ao todo, foram sete finalizações do Tricolor paulista contra apenas três do Tricolor gaúcho.

“Acho que o São Paulo fez um bom jogo. Concordo que teve menos jogo do que deveria. A arbitragem talvez tivesse que favorecer para que o jogo corresse. O São Paulo taticamente fez um jogo bom, nós marcamos bem o Grêmio, não criaram chances de gol. No lance do gol deles, foi uma infelicidade nossa, a bola bate no Arboleda, sobra para o Diego Souza e ele faz o gol. Nos dois tempos o São Paulo foi melhor. No segundo tempo, no nosso melhor momento, o Grêmio fez o gol. Vamos fazer o melhor que a gente puder, vamos jogar na nossa casa e procurar fazer uma grande partida”, prosseguiu o técnico do São Paulo.

Tentando conter o meio-campo do Tricolor paulista, o técnico Renato Gaúcho escalou Thaciano para povoar a faixa central do gramado. De fato, Gabriel Sara e Igor Gomes tiveram bem menos liberdade que o habitual, e a falta de espaços foi preponderante para o sucesso gremista nesta quarta-feira.

“É claro que a entrada do Thaciano foi provavelmente para isso, é um segundo volante, mas o São Paulo fez um bom jogo, conseguiu criar as melhores chances do jogo. Jogo difícil, dificilmente o Grêmio perde pontos aqui. Tivemos as principais chances”, concluiu.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.